Deontologia e teleologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (630 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Deontologia e Teleologia
Deontologia é uma parte da filosofia que trata dos deveres, é a ciência moral também conhecida também por “Teoria do Dever”, cujo objeto de estudo é o fundamento do dever eas normas morais. Também se refere ao conjunto de princípios e regras de conduta.
O termo deontologia foi utilizado pela primeira vez, em 1834, por Jeremy Bentham, filósofo inglês, quando disse quea deontologia seria a “ciência do que é justo e conveniente que o homem faça, dos valores que decorrem do dever ou norma que dirige o comportamento humano”.
Immanuel Kant, filósofo alemão, defendea perspectiva deontológica de que as regras e as leis têm um caráter absoluto e devem ser obedecidas por todos de igual modo, independentemente do querer individual de cada um. Segundo Kant, agir pordever é o modo de conferir à ação o valor moral.
Como exemplo temos a deontologia profissional, na qual cada profissional está sujeito a uma deontologia própria, que regule o exercício de suaprofissão, conforme o Código de Ética de sua categoria, o qual contem normas que foram estabelecidas pelos próprios profissionais, tendo em vista a correção de suas intenções e ações em relação a direitos,deveres e princípios, assim como, em relação entre a profissão e a sociedade.
Podemos citar a deontologia médica, ou seja, a parte prática da medicina que cuida das relações do médico com seuscolegas e clientes. Ou ainda a deontologia jurídica, aplicada a profissionais que exercem alguma profissão jurídica, como advogados e magistrados. Trata dos deveres e dos direitos dos operadores deDireito, assim como de seus fundamentos éticos e legais.
Exemplos de dois artigos do código deontológico jurídico:
1) O advogado deve, no exercício da profissão e fora dela, considerar-se um servidor dajustiça e do direito e, como tal, mostrar-se digno da honra e responsabilidades que lhe são inerentes; 2) O segredo profissional é um direito e um dever fundamental do advogado que, no exercício da...
tracking img