Dengue

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (816 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CARVALHO, Rosita Edler. Temas em Educação Especial. 2 ed. Rio de Janeiro: WVA Ed., 1998, p. 101-113.

Laura Massunari

“No imaginário coletivo (...), prevalece a percepção da diferença comoatributo negativo do sujeito, responsável solitário por seus infortúnios”. (p. 101)
“Imagina-se, erroneamente, que pessoas portadoras de deficiência são incapazes e pouco produtivas, usuárias eternas deserviços assistenciais”. (p. 102)
“(...) as pessoas com deficiência são percebidas diferentemente, com maior ou menor ênfase em suas incapacidades. Seus direitos de proteção social (...) costumam serviolados, aumentando-lhes as barreiras, engendrando-se mais representações sociais depreciativas de suas capacidades, num verdadeiro círculo vicioso.” (p. 103)
“Necessidades especiais podem serconsideradas como as exigências de um indivíduo, em decorrência da falta ou da privação das condições orgânicas ou psicológicas, estruturais ou funcionais, que se manifestam no cotidiano.” (p. 105)
“Asnecessidades especiais serão tão mais intensas e duradouras quanto maiores forem as barreiras físicas, econômicas e atitudinais para satisfazê-las.” (p. 106)
“(...) a identificação de necessidadesespeciais de pessoas ou de grupos impõe um recorte biológico, psico0lógico e social, não só para identificar a natureza das necessidades, bem como para estabelecer as condições de sua satisfação.” (p.106)
“Criou-se, no imaginário coletivo dos educadores, a ideia de que há uma relação biunívoca entre necessidades educacionais especiais e deficiência, de tal modo que se incluem na condição dedeficientes todos aqueles que apresentam necessidades educacionais...” (p. 106)

A autora inicia o artigo ao atestar que as diferenças (econômica, social, cultural, geográfica, corporal) existem e não podemser negadas. A deficiência (física, sensorial ou intelectual), por esta razão, seria uma diferença fácil de atestar. Até aqui, nos localizamos no âmbito do aspecto biológico da diferença, sem...
tracking img