David harvey

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3851 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
David Harvey: As transformações político-econômicas do capitalismo no final do século XX
Equipe:
Bernardo Sabat, Camila Teixeira, Gustavo Almeida, Laura Dornelles, Leonardo Nóbrega, Luiza Ramos, Ricardo Moura, Paula Sophia Branco
Introdução
Partir de uma análise sobre as transformações no âmbito político e econômico no capitalismo no século XX é imprescindível à compreensão dos fenômenos nosmais variados campos do que hoje chamamos de modernidade e pós-modernidade.
As transformações que ocorreram no capitalismo no século XX, principalmente no final dele, foram de uma profundidade e importância sentidas até os dias de hoje. Inicialmente pensando na análise que David Harvey elabora, voltamos a Marx pra encontrar a interconexão necessária entre as bases e as superestruturas, e ainfluência e o diálogo existentes entre economia, política, cultura, religião e outras esferas sociais. Kumar também explicita em seu trabalho o quão válido é entender as transformações nos modos de produção e acumulação capitalista ao longo do século XX e suas crises no final desse século para que se compreendam inclusive as diferenças entre a modernidade e a pós-modernidade.
No ocidente, as sociedadesainda se pautam no lucro como meio organizador da produção e da vida econômica. Portanto, ainda hoje, as regras do capitalismo operam na distribuição mundial do tempo e do espaço, visando à otimização do capital. Para desenvolver tal argumento, Harvey utiliza-se da linguagem da Escola de Regulação, cujo argumento principal baseia-se no pressuposto de que para um regime de acumulação funcionar épreciso manter uma configuração entre os comportamentos de todo tipo de indivíduo – para que garanta a unidade do processo – somado ao esquema de reprodução do sistema vigente. Isto é, a materialização do regime de acumulação é sustentada por meio de leis, normas, hábitos. O modo de regulamentação, logo, é a consistência apropriada entre os comportamentos individuais e o esquema de reprodução,ilustrado por esses hábitos e costumes.
Entretanto, o sistema capitalista é altamente dinâmico, e por isso abarca hábitos, práticas políticas e culturas as mais diversas. Daí demonstra-se a estabilidade apenas aparente desse sistema – tal como Marx já dizia, que o capitalismo é um sistema cuja propensão à crise é intrínseca. Harvey enumera alguns problemas do sistema capitalista, dentre os quais omercado de fixação de preços ser anárquico – a mão invisível de Adam Smith nunca funcionou perfeitamente. Normalmente, a regulamentação e intervenção do Estado surgem pra consertar as falhas do mercado, evitar concentração de poder e fornecer bens coletivos que o mercado não oferece.
Em resumo, Harvey vai dizer que as pressões coletivas exercidas pelo Estado e por outras instituições sociaissomadas ao poder e domínio das grandes corporações afetam a dinâmica do capitalismo. Essas pressões podem ser diretas, com imposição do controle dos salários e preços das mercadorias, por exemplo, ou indiretas, por meio de propagandas que visam a legitimação das intenções do sistema.
Outro problema visto por Harvey do atual modo de produção capitalista encontra-se no controle social das capacidadesfísicas e mentais ditado pelo sistema na socialização do trabalhador nas condições de produção capitalista. Boa parte dos conhecimentos e das decisões técnicas está distante da pessoa que de fato faz o trabalho – a alienação já representada no O Capital. Os meios de comunicação de massa, as instituições religiosas e educacionais, o Estado e outras organizações formam ideologias dominantes que cercam omodo de produção capitalista, dificultando a organização da força de trabalho.
O Fordismo
O fordismo deve ser encarado muito mais como um modo de vida total do que um sistema de produção em massa. Sua data inicial simbólica situa-se em 1914 quando Henry Ford estabelece seu dia de oito horas e 5 dólares. As inovações tecnológicas e organizacionais de Ford, entretanto, eram mera extensão de...
tracking img