Curso pratico de pedreiros

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1665 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
República de Moçambique
Ministério de Educação
Direcção de Educação da Cidade do Maputo
Escola Industrial 1º de Maio

1. Apresentação da Instituição

A ESCOLA INDUSTRIAL, hoje designada, ESCOLA INDUSTRIAL 1º DE MAIO, é uma instituição pública de formação técnico profissional criada pelo Diploma Legislativo nº 54 de 13 de Janeiro de 1937.Localiza-se na Cidade do Maputo, Bairro Central,Avenida 24 de Julho, nº 1768, telefone nº 21325709. Os seus limites são Avenida 24 de Julho,Vlademir Lénine e Ahmed Sekou Touré .
Funciona em regime de dois turnos, diurno e nocturno com 37 e 38 turmas, respectivamente. Recebe graduados da 7ª classe e outros trabalhadores que voluntariamente se candidatam em 6 especialidades, nomeadamente Serralharia Mecânica, Desenhador de Construção Civil,Mestre de Obras, Química Analítica, Torno e Fresa e Electricidade. O plano de estudos é de 3
e 4 anos para o curso de Desenhador de Construção Civil e todo o curso nocturno.
A escola é frequentada por cerca de 2 700 discentes e no último ano os alunos do Curso Diurno dedicam cerca de 2/5 do tempo ás práticas oficinais nas empresas.


2. Razão e objectivos projecto ao MINED
2.1.Objectivos gerais-Capacitar os formandos em cursos de curta duração como pedreiro (artesãos );
-desenvolver habilidades no âmbito do empreendedorismo;
-realizar obras de construção civil;
- realizar trabalhos de manutenção de obras de construção civil.

2.2 Objectivos específicos

O objectivo final deste curso é permitir ao formando desenvolver as competências para executar trabalhos na área de construçãocivil.Por isso, no fim do Curso o formando deve ser capaz de:
* Reconhecer as regras básicas de higiene e segurança individual no local de trabalho;
* Manusear as ferramentas básicas utilizadas nas escavações;
* Limpar, nivelar e estabilizar solos;
* Identificar materiais de construção de baixo custo;
* Reconhecer os tipos de argamassas e suas funções;
* Recohecer os tipos debetonilha e as suas funções;
* Recohecer os tipos de betão armado e suas funções;
* Produzir blocos de vários tipos;
* Produzir vários tipos de grelhas;
* Construir caboucos;
* Construir alvenarias de blocos e cimento;
* Utilizar correctamente o nível do pedreiro e o prumo;
* Demarcar e implantar fundações, vigas e alvenarias;
* Reconhecer as técnicas de dobragem aço;
*Amarrar o aço para vigas e pilares;
* Cofrar e descofrar vigas e pilares;
* Afixar aros em alvenarias;
* Reconhecer as técnicas de avaliação da verticalidade e da horizontalidade das alvenarias;
* Reconhecer as técnicas para corrigir a verticalidade e a horizontalidade das alvenarias;
* Reconhecer os tipos de reboucos nas paredes;
* Preparar o solo para a pavimentação;
* Colocarbetonilha sobre o pavimento;
* Pavimentar, queimar e lisar a superfície;
* Colocar almadre;
* Colocar caixilharia em obras de construção civil.

3
.Descrição do plano de desenvolvimento do projecto proposto
A unidade proposta tem no caso específico, a função de formar pedreiros artesãos.
Para realizar esta função com vista à redução da pobreza, criação do auto-emprego eempreeendedorismo, com o apoio do FUNDEC a Escola Industrial 1º de Maio, programou cursos de especialização que incluem trabalhos teóricos e práticos.
Em geral, na fase inicial os cursos serão realizados no período diurno.Posteriormente poder-se-á estender as unidades para o curso Nocturno, para permitir a participação de candidatos de empresas cujo nível profissional deve ser aperfeiçoado ou reciclado semprejuízo do emprego actual.Os cursos poderão desenvolver – se como unidades móveis.
A mobilidade da Unidade, caraterística que as distingue estruturalmente de qualquer outro tipo de Escola Profissional, permite uma utilização dinâmica e flexível das actividades de formação.
O curso fornecerá os conhecimentos teóricos indispensáveis para a interpretação e a solução correcta dos problemas que serão...
tracking img