Cultura organizacional e gerenciamento de projetos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2359 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

LABCEO – NÚCLEO DE COMPETITIVIDADE, ESTRATÉGIA E ORGANIZAÇÕES













































RIO DE JANEIRO, FEVEIRO DE 2013.
ÍNDICE

















































1. INTRODUÇÃO






1.1 CONCEITUAÇÃO

O termo cultura éamplamente discutido há vários anos, sendo justificada a dificuldade de defini-lo tamanha é a sua complexidade e sua ampla área de atuação. Porém, qualquer que seja o enfoque dado a esse termo, pode-se perceber que seu ponto central se concentra na adaptação do indivíduo à sociedade ou à organização da qual faz parte. E para isso, crenças, costumes, valores, leis e conhecimentos adquiridos ao longo dotempo e adaptados de acordo com o cenário no qual estão imersos vão se fundindo e formando o que chama-se de cultura. Uma filosofia disseminada de geração em geração, seja na sociedade ou dentro de uma organização; neste caso passa a ser definida como cultura organizacional.

A definição conceitual mais completa e adotada pela maioria dos pesquisadores atuais, foi dada por Schein , na qual"cultura organizacional é o modelo dos pressupostos básicos que um dado grupo inventou, descobriu ou desenvolveu no processo de aprendizagem, para lidar com os problemas de adaptação externa e integração interna .

A identidade de cada organização, decorre da sua cultura, considerando seus valores, comportamentos, estilo de gestão, de tomada de decisão, sua história, pessoas e equipes. Não há,portanto, uma organização igual à outra, porque o conjunto das suas equipes apresenta funcionamentos diversos. Mesmo que as atividades sejam parecidas, que elas estejam instaladas na mesma região geográfica ou cidade, que as pessoas sejam de níveis culturais parecidos.

Para ampliar a análise dos diversos itens que compõem a cultura organizacional muitos estudiosos adotaram a metáfora do iceberg,onde apenas uma pequena parte fica evidenciada. Nesta concepção os elementos da Cultura Organizacional podem ser agrupados em três níveis fundamentais e de profundidade crescente, nos quais ela se manifesta em um grupo ou organização (FLEURY e FISCHER , 1989, p.117):

1- ARTIFICIALIDADES OBSERVÁVEIS: constituem-se da disposição física,, vestimenta, maneira como as pessoas se tratam, "clima"interno, intensidade emocional, registros internos , produtos, filosofias e anuários da empresa. São fatores mais palpáveis. Embora mais visíveis, a análise destes indicadores não basta para entender a cultura organizacional. Vemos e sentimos que uma empresa é mais formal e burocrática do que a outra, mas isso não diz nada sobre o porquê de ser assim.

2- VALORES: neste nível estuda-senormas, ideologias, licenciamentos e filosofias adotadas e documentadas de uma cultura. Para realizar esta análise a melhor ferramenta é estruturar entrevistas onde se busca entender como as pessoas se sentem e pensam.


3- CONCEPÇÕES BÁSICAS: essas concepções determinam o modo de perceber processos mentais, sentimentos e comportamento, sendo apresentado de forma inconsciente; seconstituindo o nível mais profundo de entendimento da cultura organizacional

Quando se entra no universo de análise do que representa a cultura, e mais especificamente a cultura das organizações, pode-se fazer uma associação ao mundo globalizado atual. O envolvimento de empresas diferentes entre si e com um objetivo comum se torna cada vez mais praticado. É neste cenário que o presente trabalho estásubmerso, na investigação das relações conflituosas entre organizações que possuem culturas tão diferenciadas e que se unem para o alcance de um objetivo único.



.2 OBJETIVO

O presente trabalho tem como objetivo principal a avaliação de projetos sob a ótica da cultura organizacional de duas organizações que prestam consultoria, cada uma em sua área de atuação e que, consequentemente,...
tracking img