Cultura empreendedora no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1272 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CULTURA BRASILEIRA EMPREENDEDORA.

Emprego público, antes visto como garantia de bom emprego, vem perdendo espaço entre os jovens interessados em abrir o próprio negócio.

O capital empresarial é o crescimento dos níveis de iniciativa, de protagonismo, da capacidade de fazer acontecer, ou seja, de uma atitude proativa e de uma cultura empreendedora. O capital empresarial é uma das condiçõespara se alcançar o desenvolvimento.

A cultura empreendedora está diretamente relacionada ao cenário econômico brasileiro, onde a baixa oferta de ocupações no setor formal tem obrigado muita gente a criar estratégias de emprego próprio. Porém, tais iniciativas ainda estão longe de oferecer condições satisfatórias de renda.

No Brasil, até pouco tempo atrás, a segurança de um bom emprego estavapresa a uma posição estável no serviço público ou numa empresa estatal. Pouco brasileiros se sentiam estimulados ou treinados para gerenciar seus próprios negócios.

Mas a perspectiva está mudando. Os jovens têm se preparado para conquistar posições no setor privado, embora as iniciativas de difusão de uma cultura empreendedora ainda sejam insuficientes
.
A cultura estadista demonstra como aspessoas estão sempre responsabilizando o Estado pelas soluções de seus problemas cotidianos, condenando-se a uma situação de indignação, conformismo e impotência.

Nos pequenos municípios, a situação é mais grave. Na maioria dos casos, o que se vê é a cultura da dependência, submissão e subserviência que alimenta fenômenos como o coronelismo secular. Com isso, os pequenos municípios perdem seustalentos, porque a falta de perspectiva futura faz com que as pessoas busquem melhores oportunidades nos grandes centros urbanos.

Portanto, o desenvolvimento depende de uma mudança de modelos mentais e de atitudes que caracterizam uma cultura empreendedora.

RESULTADO DE FUSÕES E AQUISIÇÕES

O avanço de fusões e aquisições de grandes companhias e a concentração de mercados importantes nodomínio de poucos grupos deixam de fora muitos trabalhadores que vão buscar empregos em pequenas empresas. De acordo com estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), foram criadas, de 1989 até 2008, 16,9 milhões de novas vagas em companhias de até dez funcionários.

A abertura de postos de trabalho nos pequenos negócios avançou, em média, 4,2% ao ano.

Em 2008, o segmento depequenas empresas (com até dez funcionários) era constituído por 31 milhões de ocupações, 2,1 vezes mais que em 1989 (14,1 milhões). Este forte crescimento foi impulsionado pelo quadro econômico desfavorável dos últimos 20 anos.

Ao longo do período analisado, o Brasil teve taxa média anual de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de apenas 2,6%.

- É muito comum que essas incorporações e fusõesaconteçam em tempos de crise. É uma tendência internacional.

E neste movimento, muitos trabalhadores perdem o emprego - afirmou Pochmann.

De acordo com o presidente do Ipea, o brasileiro não aceita facilmente a posição de desempregado. E busca com rapidez fonte de renda, mesmo em atividades como produtor, vendedor ambulante e prestador de serviço de qualquer natureza.

- O resultado foi omenor desemprego aberto no País, embora ocorresse o rebaixamento do nível de rendimento geral dos ocupados.

O adicional destes novos postos de trabalho provocou a queda do rendimento médio dos ocupados de 17,5%, no período analisado. Com isso, ocorreu o aumento da quantidade de pobres, dentre estes empregados. Embora a taxa de pobreza absoluta tenha diminuído de 30,3% para 17,4% no mesmoperíodo de tempo.

O consultor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Sílvio Sales explica que o Brasileiro tem um caráter empreendedor muito forte. Mas, segundo ele, a vida útil de pequenos empreendimentos é muito curta. O Brasil precisa de um ambiente mais propício para esses negócios.

- O peso da burocracia ainda é muito alto. E estes trabalhadores são importantes para girar a roda da economia, cabe...
tracking img