Cultura brasileira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5864 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Formação étnica do povo brasileiro
 
1.1.   Diferenças entre raça e etnia
Ø  Em relação à raça, a área biológica comprovou que as diferenças genéticas entre os seres humanos são mínimas, por isso não se admite mais que a humanidade seja constituída por raças.
 
.  O conceito de raça é uma construção social forjada nas tensas relações entre brancos, negros e indígenas. Muitas vezes simuladoscomo harmoniosos, não tinha relação com o conceito biológico de raça cunhado no século XIX, e que hoje está superado.
 
Ø  Tem uma conotação política e é utilizado com freqüência nas relações sociais brasileiras, para informar como determinadas características físicas, como cor da pele, tipo de cabelo, entre outras, influenciam, interferem e até mesmo determina o destino e o lugar social dossujeitos no interior da sociedade brasileira.
  
Ø  Quanto à etnia, o termo marca as relações tensas por causa das diferenças na cor da pele e nos traços fisionômicos que caracterizam a raiz cultural plantada ancestralidade dos mais diversos grupos, que difere em visão de mundo, valores e princípios de origem indígena, européia ou asiática. O termo étnico é fundamental para demarcar que individuopode ter a mesma cor da pele que o outro, a mesmo tipo de cabelo e traços culturais e sociais que os distingue, caracterizando assim etnias diferentes.
 
1.2.   Miscigenação e sincretismo
Ø  A heterogeneidade presente na formação (étnica, cultural, social) da população brasileira gerou discussões sobre a identidade nacional, historicamente marcada pela diversidade de enfoques desde os primeirostrabalhos voltados para o tema, a partir do século XIX.
 
 
Ø  Esta visão da formação do povo brasileiro começa com a explicação biologizante da mescla de três raças: a branca, a indígena e a africana. Se nossa formação é esta, a chegada posterior de imigrantes europeus instigava a visão biológica, salientando nossa capacidade singular de absorção do "outro". Mas, esta fábula de três raçassurge ainda no Brasil Império, entre os pesquisadores naturalistas, e ganha a adesão de cronistas e escritores, em meio às teorias da época que reuniam os saberes biológicos com os sociais.
 
Ø  Os autores que formularam as impressões do que viam se consolidar por aqui inclinavam-se por caminhos divergentes, mantendo, porém, uma matriz comum: a constatação da mestiçagem racial. Esta foi vista oucomo uma elaboração bio-cultural inusitada e sublime ou como algo perigoso e lamentável.
 
Ø  Para alguns intelectuais brasileiros, dessa época (o século XIX), a mestiçagem seria, então, um entrave aos anseios progressistas da nação que pretendia desempenhar seu papel no mundo civilizado. Ela é, no primeiro momento, a marca racial para se tornar, então, a marca cultural do Brasil.
1.3.   O mitoda “democracia racial”
Ø  A sociedade brasileira se identifica com o traço multi-étnico e cultural que lhe é constitutivo, mas vive este de forma tensa.
 
Ø  Na prática, o Brasil branco e europeizado, mais tarde branco e americanizado, não soube como fazer com a diversidade cultural que a nossa formação configurou; não a integrou de fato, quando muito de direito.
 
2. A construção daidentidade cultural: nação e identidade nacional
2.1. Conceito de nação
Ø  Dispositivo discursivo que apazigua elementos diversos em uma aparente unidade. Dessa forma, os vários grupos étnicos, classes sociais e gêneros que a constituem são representados como pertencentes à mesma identidade nacional, suprimindo as múltiplas identidades culturais que perpassam os membros de uma nação. Portanto, se oimaginário nacional instaura uma suposta igualdade entre esses membros, isso não se confirma no espaço real, onde as desigualdades entre as classes sociais não permitem que todos usufruam dos mesmos recursos; assim, esse conceito é construído ao longo do tempo de acordo com as representações nessa cultura nacional de sua nacionalidade.
Ø  Uma nação constitui-se não apenas de uma organização...
tracking img