Cuidados intensivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1615 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CUIDADOS DE ENFERMAGEM COM 0 PACIENTE CIRÚRGICO
Noêmi Garcia de Almeida Galan Roseli Marega Oda Os cuidados de enfermagem ao paciente cirúrgico variam de acordo com o tipo de cirurgia e de paciente para paciente, atendendo suas necessidades básicas e suas reações psíquicas e físicas manifestadas durante este período3. Neste capítulo iremos abordar os cuidados gerais indispensáveis a todos ostipos de cirurgia e os cuidados específicos voltados para cirurgias de mão e membro superior e de pé e membro inferior. A assistência pré-operatória tem como objetivo proporcionar uma recuperação pós-operatória mais rápida, reduzir complicações, diminuir o custo hospitalar e o período de hospitalização que se inicia na admissão e termina momentos antes da cirurgia, devolvendo o paciente o mais rápidopossível ao meio familiar3. 1- Assistência de enfermagem pré-cirúrgica geral: abrange o preparo sócio-psíquico-espiritual e o preparo físico3. 1.1- Preparo sócio-psíquico-espiritual3:  Providenciar a assinatura do termo de responsabilidade, autorizando o hospital a realizar o procedimento ;  Explicar aos familiares sobre a cirurgia proposta, como o paciente retornará da sala operatória e aimportância em apoiá-lo nesse período;  Explicar ao paciente sobre a cirurgia, o tipo de anestesia, e os exames que porventura forem necessários, salientar a importância de sua colaboração durante os procedimentos;  Tranqüilizá-lo em caso de ansiedade, medo do desconhecido e de destruição da auto-imagem, ouvir atentamente seu discurso, dar importância às queixas e seus relatos; - Explicar ascondições que irá retornar do centro cirúrgico (se acordado, com ou sem gesso, etc.) e assegurar que terá sempre um profissional da enfermagem para atendê-lo;  Promover o entrosamento do paciente com o ambiente hospitalar, esclarecer sobre normas e rotinas do local, e proporcionar um ambiente calmo e tranqüilo e - Providenciar ou dar assistência religiosa, caso seja solicitada. 1.2- Preparo físico3: Realizar a consulta de enfermagem, atentando para as condições que podem atuar negativamente na cirurgia e reforçando as positivas;  Providenciar e/ou preparar o paciente para exames laboratoriais e outros exames auxiliares no diagnóstico; médico responsável se ocorreram sinais ou sintomas de anormalidade ou alteração dos sinais vitais;  Encaminhar ao banho para promover higiene, trocar de roupa,cortar as unhas e mantê-las limpas e fazer a barba;  Administrar medicação pré-anestésica, se prescrita;  Realizar a tricotomia do membro a ser operado, lavar com água e sabão, passar anti-séptico local e enfaixar (se necessário) com bandagens estéreis;  Remover próteses, jóias, lentes de contato ou óculos, prendedores de cabelo e roupas íntimas; - Promover esvaziamento vesical, colocar roupacirúrgica apropriada (camisola, toucas),transportá-lo na maca até o centro cirúrgico com prontuário e exames realizados (inclusive Raios-X). 1.3- Assistência pré-cirúrgica específica de mão, membro superior e pé3:  Exame físico minucioso, atentando para a qualidade e integridade da pele (deverá estar hidratada e lubrificada);  Observar sinais de infecção, inflamação, alergias ou reaçõeshansênicas;  Se houver lesões abertas, promover limpeza com solução fisiológica ou água e sabão e ocluir com gaze e atadura de crepe.

 Observar perfusão periférica do membro a ser operado; - No caso de cirurgia com enxerto, a pele da região doadora deverá estar hidratada e lubrificada. Este procedimento inicia-se alguns dias antes, sendo que, horas antes da cirurgia, realizar a tricotomia e limpeza dapele. Durante o período trans-cirúrgico, o quarto do paciente deverá estar pronto para recebê-lo, equipado com materiais suficientes como: suporte de soro e bomba de infusão, travesseiros para elevação do membro operado, cobertores, comadre ou papagaio, esfigmo e manômetro, termômetro, e demais equipamentos necessários.
2- Assistência pós-cirúrgica geral3: Inicia-se no momento em que o...
tracking img