Crises empresariais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3288 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Crises empresarais - resenha livro Roberto de Castro Neves.
autores: G e J

No capítulo um, o autor inicia o capítulo mostrando diversas empresas transnacionais que fazem parte do nosso dia a dia. Ele pergunta o que essas empresas têm em comum. A resposta: todas já enfrentaram uma crise com a opinião pública. Neves diz que uma empresa que ainda não tenha enfrentado uma crise será apenas umaquestão de tempo para que enfrente uma no futuro. Logo no começo do livro percebe-se que Neves irá tratar um tema tão delicado para muitos de forma clara, precisa e ao mesmo tempo descontraída. Chegando a conversar com o leitor ao longo do texto, tornando o livro com um ar mais leve e de fácil leitura.
Com isso ele define o que seriam Crises Empresariais Internas (CEI) que são desvalorizaçãobrusca da moeda, saída de um alto executivo para o concorrente e fracassos nas vendas de um produto recém lançado. Crises Empresariais com a Opinião Pública (CEOPs) são situações que surgem “quando algo feito – ou deixado de fazer- pela organização ou de responsabilidade afeta ou afetou ou poderá afetar interesses de públicos relacionados à empresa e o acontecimento tem repercussão negativa junto àOpinião Pública” (NEVES, 2002, p. 15).
O autor continua o texto dizendo que as CEOPs não são novidade. A realidade socioeconômica do mundo mudou. As pessoas e as empresas não são mais as mesmas. Embora algumas empresas continuem pensando que a Opinião Pública não tem valor. Hoje as informações chegam em nossas casas em uma velocidade incrível, o que acontece nesse momento no Japão vira notícia emtodo o mundo em questão de segundos. Para o autor outro fator que aumentou o repertório das CEOPs é a ampliação da democracia. As pessoas conhecem de forma mais clara os direitos e estão lutando para que eles sejam garantidos. As CEOPs, como já dito, uma hora ou outra explodem em determinada organização, porém, elas podem ser evitadas, caso isso não ocorra e venham a eclodir elas podem serfacilmente administradas. A grande questão é que muitas empresas não estão preparadas para administrá-las. Muitas empresas pensam que ao agir com ética em seus relacionamentos, possuírem seguros, bons advogados e pagarem corretamente seus impostos, as crises jamais as atingirão. Por isso não montam um Sistema de Gerenciamento de Crises (SCG). O autor alega que ao montar esses sistema as empresasgastariam menos do que na eclosão de uma crise passar administrá-la sem um prévio preparo.
Outro fator para a não construção de um SGC seria a falta de motivação por parte dos executivos. Uma vez que esse sistema não atrai repercussão imediata ao seu trabalho, com isso, dão preferência a projetos que trarão a eles reconhecimento imediato.
Outro fator que revela a mudança na Opinião Pública é que aspessoas estão mais preocupadas com o meio ambiente. Para o autor antigamente um consumidor diria “se o produto é bom, bonito e barato, to me lixando se a empresa fez isto ou aquilo”. (NEVES, 2002). O que ocorre é que muitas empresas muitas vezes nem sabem o por que seus nomes estão envolvidos em crises ambientais, já que muitos de seus executivos não tem essa consciência ecológica. Assim, o autorreforça que as empresas precisam organizarem-se para enfrentarem de forma correta as CEOPs.
O capítulo dois é iniciado com o caso “EXXON-VALDEZ”, que fala sobre o vazamento de petróleo no Alasca por navio petroleiro da EXXON. A partir da leitura do case o autor conceitua a palavra crise. Para ele entende-se por crise um momento crítico, que geralmente rompe com um momento de tranqüilidade em quese estava vivendo. Com a definição feita pelo autor no capítulo um de CEOPs. Ele afirma que são quatro elementos que compõem: Algo feito pela organização – ou deixado de fazer- ou de sua responsabilidade, Interesses afetados, Públicos relacionados à empresa (constituintes), Repercussão negativa junto à Opinião Pública. A partir desses quatro elementos citados pelo autor. Ele irá analisar cada um...
tracking img