Crise moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1533 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A "crise moral" de FHC, o ressentido
Altamiro Borges
Clasificado en: Cultura: Etica, | Política: Politica, |
Disponible en: Portugues
Compartir:



Depois de levar tantas bordoadas pelo artigo “ressentido” que publicou nos jornais O Globo e Estadão, FHC saiu da catacumba e voltou a falar bobagens sobre o tema – desta vez em outro órgão oficial tucano, a Folha.Segundo a coluna Painel, “o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso diz que a nota de Dilma Rousseff em resposta a seu artigo sobre o legado de Lula se atém a adjetivações e não rebate os fatos descritos. ‘O que escrevi se refere a fatos e não a adjetivar pessoas, e os fatos não foram contestados’, afirmou”.

Ainda segundo a jornalista Vera Magalhães, “o tucano, que, no texto, fala em ‘crise moral’no primeiro ano de Dilma, ressalva que não quer ‘bater boca’ com a presidente e que a crítica não foi endereçada a ela, mas ‘ao governo anterior’. Com afeto, FHC acredita que o episódio não deixará sequela na sua relação com Dilma, que era amistosa: ‘Até agora, ela tem me tratado com consideração’”. Afeto? Só se for para a Folha tucana. FHC é uma das principais víboras da oposição direitista,sempre pronto para dar o bote.

A lista de escândalos do reinado tucano

Pena que os governos anteriores, numa linha de conciliação, preferiram não expor os pobres do seu triste reinado. O resultado é que até hoje ele tenta posar de paladino da ética e, sempre que pode, alfineta os adversários com o discurso udenista da “crise moral”. Mas que “moral” ele tem para falar sobre o tema? Volto apublicar uma breve lista dos escândalos de corrupção nos dois governos de FHC. A insistência é apenas para irritar o ex-presidente e a mídia tucana que insiste em tratá-lo como “líder da oposição”:

*****

Denúncias abafadas: Já no início do seu primeiro mandato, em 19 de janeiro de 1995, FHC fincou o marco que mostraria a sua conivência com a corrupção. Ele extinguiu, por decreto, a ComissãoEspecial de Investigação, criada por Itamar Franco e formada por representantes da sociedade civil, que visava combater o desvio de recursos públicos. Em 2001, fustigado pela ameaça de uma CPI da Corrupção, ele criou a Controladoria-Geral da União, mas este órgão se notabilizou exatamente por abafar denúncias.

Caso Sivam: Também no início do seu primeiro mandato, surgiram denúncias de tráfico deinfluência e corrupção no contrato de execução do Sistema de Vigilância e Proteção da Amazônia (Sivam/Sipam). O escândalo derrubou o brigadeiro Mauro Gandra e serviu para FHC “punir” o embaixador Júlio César dos Santos com uma promoção. Ele foi nomeado embaixador junto à FAO, em Roma, “um exílio dourado”. A empresa ESCA, encarregada de incorporar a tecnologia da estadunidense Raytheon, foiextinta por fraude comprovada contra a Previdência. Não houve CPI sobre o assunto. FHC bloqueou.

Pasta Rosa: Em fevereiro de 1996, a Procuradoria-Geral da República resolveu arquivar definitivamente os processos da pasta rosa. Era uma alusão à pasta com documentos citando doações ilegais de banqueiros para campanhas eleitorais de políticos da base de sustentação do governo. Naquele tempo, oprocurador-geral, Geraldo Brindeiro, ficou conhecido pela alcunha de “engavetador-geral da República”.

Compra de votos: A reeleição de FHC custou caro ao país. Para mudar a Constituição, houve um pesado esquema para a compra de voto, conforme inúmeras denúncias feitas à época. Gravações revelaram que os deputados Ronivon Santiago e João Maia, do PFL do Acre, ganharam R$ 200 mil para votar a favor doprojeto. Eles foram expulsos do partido e renunciaram aos mandatos. Outros três deputados acusados de vender o voto, Chicão Brígido, Osmir Lima e Zila Bezerra, foram absolvidos pelo plenário da Câmara. Como sempre, FHC resolveu o problema abafando-o e impedido a constituição de uma CPI.

Vale do Rio Doce: Apesar da mobilização da sociedade em defesa da CVRD, a empresa foi vendida num leilão por...
tracking img