Crescimento e desenvolvimento humano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1031 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Pontifícia Universidade Católica do Paraná
CCBS – Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Educação Física Licenciatura – Diurno 3º Período

AVALIAÇÃO DE CRESCIMENTO

Curitiba/ Junho 2011

Pontifícia Universidade Católica do Paraná
CCBS – Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Educação Física Licenciatura – Diurno 3º Período

AVALIAÇÃO DE CRESCIMENTO

Trabalho apresentado àDisciplina de Crescimento
e Desenvolvimento Humano I
Sob orientação do
Prof. Cláudio Marcelo Tkac

Curitiba/ Junho de 2011
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

O desenvolvimento motor representa um aspecto do processodesenvolvimentista total e está intrinsecamente inter-relacionado às áreas cognitivas e afetivas do comportamento humano, sendo este influenciado por muitos fatores.
Para Gallahue e Ozmun (2002) o desenvolvimento motor sofre grande influência, do meio social e biológico, podendo sofrer alterações durante seu processo. Sabe-se que o crescimento físico e o desenvolvimento motor das crianças nos primeirosanos consistem em uma fase de rápidas mudanças físicas, motoras, sócio afetivas e cognitivas.
Segundo Guedes e Guedes (1997) o monitoramento do crescimento torna-se um indicador quanto à qualidade de vida de uma população local ou mesmo de um país. Estudos são realizados em todos os países para a avaliação do crescimento das pessoas em diferentes etapas da vida.
Quando se observa o crescimento eo aumento de peso corporal excessivo, entre crianças e jovens, pesquisas têm sido desenvolvidas na tentativa de investigar a interferência dos índices de sobrepeso e obesidade sobre aspectos fisiopatológicos, relacionados à manifestação de doenças crônico-degenerativas na vida adulta, entretanto, pouco se sabe acerca das influências do sobrepeso e obesidade, assim como da desnutrição sobre odesempenho motor de crianças (CATENASSI et al., 2007).
Prado (2000) salienta ainda que o acompanhamento da saúde na infância seja um fator determinante no controle da saúde dos futuros adultos, pois a infância é uma fase da vida decisiva no que se refere à aquisição de hábitos alimentares, da prática de atividades físicas e esportivas, além do que, estando sob boas condições de saúde e fatoresambientais favoráveis, o potencial genético é mantido e otimizado.
Estudos realizados demonstraram que é na infância que o crescimento físico é mais evidente, pois é marcado por aumentos estáveis da altura, do peso e da massa muscular em ambos os sexos. Nesse período da vida as diferenças entre meninos e meninas são relativamente pequenas até as mudanças pré-adolescentes serem iniciadas (GALLAHUE;OZMUN, 2003).
É importante ressaltar ainda que fatores genéticos e ambientais, também influenciam o crescimento. Fatores intrínsecos (sistemas neuroendócrino e ósseo) e extrínsecos (influências ambientais e populacionais, nutrição, situação socioeconômica e atividade física), contribuem para que ocorra a variabilidade
individual, pois podem ser manipulados, ou seja, acentuados, amenizados ouremovidos, sendo esses fatores ainda, responsáveis pela diferenciação no ritmo de crescimento (HAYWOOD; GETCHELL, 2004).
Malina e Bouchard (1991), afirmam que o desenvolvimento está inserido em dois contextos: um biológico e outro comportamental. O primeiro refere-se ao aprimoramento das funções orgânicas e celulares, incluindo a genética e o segundo contexto refere-se às influências ambientais eculturais abrangendo o comportamento e valores de cada população.
A importância de estudar os componentes relacionados ao desenvolvimento motor de crianças em período escolar (especialmente nas quatro séries iniciais do Ensino Fundamental) é devida às inúmeras experiências que o ambiente escolar pode oferecer em nível de desenvolvimento global e não apenas motor, sendo esta fase, formadora de...
tracking img