CORPORATION

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2537 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS
CURSO DE PEDAGOGIA
FUNDAMENTOS DO ENSINO DE CIÊNCIAS
Prof ª. Sonia Regina Martins Gonçalves

A CIÊNCIA E O PENSAMENTO CIENTÍFICO
Algumas considerações

I- O que é Ciência?
A Ciência representa uma parte cada vez mais ativa na vida do homem. Sendo assim, torna-se imprescindível conhecer suas origens e desenvolvimento em todo o mundo civilizado; só desse modopodemos ver essa gloriosa aventura do intelecto humano em sua verdadeira perspectiva. A ciência manifestou-se em todas as culturas da Terra; desenvolveu-se naturalmente a partir da curiosidade inata do homem a respeito do mundo que o cerca. Vejamos algumas definições de “Ciência”:
“Ciência (sciencia): Conhecimento; saber que se adquire pela leitura e pela meditação; conjunto de conhecimentoscoordenados relativamente a determinado objeto.(...)”. (Dicionário Aurélio).

“Etimologicamente, Ciência vem do verbo scire que significa conhecer.(...). Há inúmeras definições de Ciência e isto basta para demonstrar que a compreensão de sua realidade não é muito intuitiva.
De um modo mais simples, a Ciência pode ser considerada como um meio especial de constatação do mundo empírico, isto é,dos aspectos do mundo acessíveis à experiência humana, visando com isso à criação de uma boa teoria do campo observado.(...) ‘Boa teoria’ significa ‘um conjunto de conhecimentos em que figuram certos elementos primitivos (leis, teorias, etc), dos quais deriva todo o conjunto.’ (Teles, Antonio Xavier. Introdução ao Estudo da Filosofia).

II- O Método Científico
É uma técnica ou modo de procederpelo qual o cientista adquire, de maneira segura, certos tipos de conhecimento. É uma sucessão de passos ou operações que vão desde a formulação de um problema (hipótese), até à incorporação, no patrimônio científico, do novo conhecimento. Estes passos ou operações podem ser escalonados da seguinte maneira:
1) Observação rigorosa;
2) Hipótese ou formulação do problema;
3) Tentativa deobtenção de um modelo (chama-se de modelo a uma configuração idealizada – mecânica ou matemática – criada para representar, com significação, algo que tenha estrutura complexa ou de difícil experimentação);
4) Planejamento da verificação;
5) Submissão da hipótese ou do modelo a testes críticos – experimentação;
6) Comprovação dos resultados obtidos;
7) Comunicação dos resultados obtidos (dá-se apassagem da atividade para uma linguagem).
Portanto, o conhecimento científico é rigoroso, positivo, metódico, experimental.

III- Os mitos e o homem primitivo
O homem primitivo se sentia estimulado diante de uma natureza totalmente desconhecida. Sua mente era um papel em branco que ele iria preencher através das épocas. Esta mente, contudo, era racional. Seu possuidor se define como animalracional.
A razão apresenta-se como uma “exigência de explicação”. O animal não tenta explicar o mundo, o meio em que vive nem a si mesmo. O homem , como ser racional, procura reduzir tudo a uma ordem mental que é, no fundo, uma explicação.
A razão surge na criança no período que a Psicologia chama de “perguntador”, entre os três e os quatro anos. Neste período uma boa parte de sua atividademental se resume nas perguntas: “por que isto?” “Por que aquilo?”
Ora, o homem primitivo fez algumas perguntas sobre a Natureza, e, enfim, sobre todos os problemas que o afligiam. Como não havia ninguém para responder, teve de fazer suas respostas explicativas. Estas explicações primitivas, fantasiosas, eram os mitos.
Assim, mito é um contexto explicativo, não-lógico, muitas vezes fantástico,motivado pelo meio físico e humano em que vive a coletividade. Os índios bacairis do Brasil central explicam o sol como uma bola de penas de arara que faz o seu percurso através do firmamento. Esta interpretação realmente ilógica como quase todo mito, reflete uma configuração local muito nítida. Um grupo esquimó não poderia criá-lo.
Assim, o mito é:
a) Fantasioso: apela mais para as forças da...
tracking img