Copa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1160 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Copa do Mundo no Brasil já movimenta economia brasileira
nov 16 2011
De acordo com o estudo “Brasil Sustentável – Impactos Socioeconômicos da Copa do Mundo de 2014″, a economia brasileira deverá ter, até 2014, uma injeção de R$142,3 bilhões por conta da copa do mundo. Destes, R$22,4 bilhões serão investidos em infraestrutura, R$7 bilhões em despesas operacionais e R$112,79 bilhões em váriossetores da economia. Entre os setores que mais terão destaque estão o de serviços para empresas, hotelaria e alimentos e bebidas, com R$7, R$3 e R$2,5 bilhões adicionais, respectivamente. A notícia também é boa para quem procura emprego. A expectativa é de que mais de 3,5 milhões de empregos sejam criados.
Com esses dados positivos, a Dellabruna já está em campanha para ajudar seus clientes a seprepararem para esse evento, que deverá receber mais de 800 mil turistas em terras tupiniquins. Confira as nossas linhas para bares, hotéis e restaurantes e comece a planejar seu sucesso para a Copa 2014.
NEGÓCIOS
Nº edição: 655 | Negócios | 23.ABR.10 - 21:00 | Atualizado em 18.12 - 18:46
O impacto da copa
Estudo do Ministério do Esporte revela quanto o País vai receber em investimentos para oMundial de 2014
Por Redação DINHEIRO

Ouça um resumo da reportagem sobre o impacto da Copa do Mundo no Brasil
 
Desde que o Brasil foi anunciado como sede da Copa do Mundo de 2014, muito se especulou a respeito do impacto que o evento vai gerar na economia brasileira. Na sexta-feira 23, durante o 9º Fórum de Líderes Empresariais (Lide), que ocorreu no Hotel Transamérica, na Ilha deComandatuba, foi apresentado o primeiro estudo sobre os reais efeitos do torneio para o desenvolvimento do País.
 
 

"O Mundial no Brasil vai gerar mais de 700 mil empregos"
Orlando Silva, ministro do Esporte
 
De acordo com o levantamento, ele terá força para atrair uma torrente de recursos. O estudo, encomendado pelo ministro do Esporte, Orlando Silva, e executado pelo Consórcio Copa 2014,concluiu que o Mundial tem potencial para gerar investimentos de R$ 185 bilhões (leia tabelas com as principais conclusões do trabalho).
Para efeito de comparação, o montante equivale ao valor de mercado, somado, de Bradesco e do Banco do Brasil. “A Copa do Mundo representa uma oportunidade histórica para o País”, disse o ministro à DINHEIRO. “As pessoas acham que apenas alguns setores serãobeneficiados, mas a pesquisa deixou claro que o evento vai repercutir em diversas áreas.”

 
Apenas em projetos de infraestrutura civil, que incluiu principalmente construção de estádios, melhoria dos aeroportos e adequação urbana, o Brasil receberá R$ 33 bilhões, valor que corresponde ao dobro dos investimentos feitos na África para a Copa de 2010. O levantamento também revelou que 78% dosinvestimentos deste setor serão provenientes dos cofres públicos.
Segundo o ministro, parte do dinheiro será revertida para os governos, na forma da captação de impostos. Apenas a esfera federal, mostra o levantamento, terá um retorno tributário da ordem de R$ 3,2 bilhões. Um dado curioso da pesquisa diz respeito aos Estados que receberão o maior volume de investimentos. Embora a partida final da Copaesteja marcada para o Rio de Janeiro, que também vai sediar os jogos mais importantes, é São Paulo que ficará com a maior bolada, seguido pelo próprio Rio e por Brasília. “Isso é resultado dos investimentos que serão feitos especialmente nos aeroportos paulistas”, afirma o ministro.
 

 
 
 O potencial de geração de receitas indiretas foi estimado pelo estudo em R$ 136 bilhões. A conta foi feitatomando como base o estímulo a toda e qualquer atividade econômica. “Imagine uma pessoa que é uma das mais de 700 mil que serão contratadas para o evento”, diz o ministro. “Ela vai ter um aumento de renda e, como consequência, acabará gastando mais.” Resultado: a Copa vai elevar o consumo das famílias brasileiras em mais de R$ 5 bilhões.

 
 
Para Silva, o Mundial trará ao País muitos outros...
tracking img