Conversor de torque

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1164 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
s
Princípios básicos



Exatamente como os carros de câmbio manual, os carros com câmbio automático precisam de uma maneira de deixar o motor em funcionamento enquanto as rodas e as marchas na transmissão estão parados. Carros de caixa manual utilizam uma embreagem, o que desconecta completamente o motor da transmissão. Carros com caixa automática utilizam um conversor de torque.
Umconversor de torque é um tipo de acoplamento hidráulico que permite que o motor gire, algo independentemente do câmbio. Se o motor gira mais lento, como quando o carro está parado no semáforo, a quantidade de torque que passa pelo conversor de torque é menor, de modo que para manter o carro parado é preciso apenas uma pequena pressão no pedal do freio.
Se você pisar no acelerador enquanto o carroestiver parado, terá de pressionar o freio com mais força a fim de evitar que o carro se mova. Isso acontece porque quando você pisa no acelerador, o motor acelera e bombeia mais fluido para dentro do conversor de torque, fazendo com que mais torque seja transmitido às rodas.
































O interior de um conversor de torque




Como mostradona figura abaixo, existem quatro componentes dentro da reforçada caixa do conversor de torque:
• bomba
• turbina
• estator
• fluido hidráulico
A caixa do conversor de torque é aparafusada ao volante do motor, de forma que funcione na mesma velocidade que ele. As aletas que geram a compressão do conversor de torque são anexadas à caixa, de forma que também funcionem na mesma rotação que omotor. O corte abaixo mostra como tudo está conectado dentro do conversor de torque.
|[pic] |
|Como as partes do conversor |
|de torque estão conectadas a transmissão e ao motor|

A bomba dentro do conversor de torque é um tipo de bomba centrífuga. À medida que ela gira, o fluido é arremessado para fora, num sistema muito parecido com a forma que o ciclo de secagem de uma máquina de lavar roupas que arremessa água e roupas para a parede da bacia de lavagem. Quando o fluido é expelido, um vácuo é criado e mais fluido é puxado para o centro.* parte da bomba do conversor de torque
é anexada a caixa











O fluido entra nas lâminas da turbina, que está conectada ao câmbio. A turbina faz com que o câmbio gire, e o carro se mova. Você pode observar no gráfico abaixo que as lâminas são curvas. Isso significa que o fluido externo que entra na turbina precisa de direção antes de sair do centro da turbina. Éessa mudança direcional que leva a turbina a girar.








* A turbina do conversor de torque:
note as estrias no meio. É aí que ela se
conecta ao câmbio








Para alterar a direção de um objeto em movimento, é preciso aplicar uma força a esse objeto - não importa se o objeto é um carro ou uma gota de fluido. Seja o que for que aplique a força para fazer algo girar, sente amesma força, porém em sentido contrário. Assim, à medida que a turbina faz com que o fluido mude de direção, o fluido faz com que a turbina gire.
O fluido deixa o centro da turbina, movendo-se em uma direção diferente daquela que entrou. Se você observar as setas na figura acima, verá que o fluido sai da turbina movendo-se em direção oposta àquela que a bomba (e o motor) está girando. Se ofluido pudesse atingir a bomba, diminuiria a rotação do motor, desperdiçando energia. É por isso que um conversor de torque possui um estator.










* O estator envia o fluido que
está retornando da turbina à bomba.
Isso melhora a eficiência do conversor.
Observe as ranhuras, que estão
conectadas a uma embreagem
unidirecional dentro do estator.








O estator está...
tracking img