Contrato

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3788 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A IMPORTÂNCIA DA GOVERNANÇA CORPORATIVA NA GESTÃO DAS EMPRESAS
CARDOSO JÚNIOR, José Afonso Discente da Faculdade Educacional de Garça/FAEG. E-mail: junior.carino@gmail.com

Resumo Este artigo tem como objetivo apresentar a relação entre governança corporativa e responsabilidade social, as quais, nos últimos anos, têm ganhado grande importância no mundo dos negócios. O estudo apresenta umarevisão da literatura acerca destes dois temas, abordando os diversos conceitos de governança corporativa, sua evolução, importância e sua prática no Brasil. Apresenta também os princípios que norteiam as boas práticas de governança de acordo com o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Destaca-se que empresas que adotam boas práticas de governança corporativa e atitudes socialmenteresponsáveis são, hoje, respeitadas e valorizadas não só pelo mercado, como também pela sociedade como um todo. Nesse sentido, boas práticas governança corporativa e responsabilidade social são fundamentais para a perenidade dos negócios. O objetivo das organizações deve ir além da maximização de riqueza aos acionistas, mas sim a geração de riqueza em um sentido mais amplo, ou seja, a empresa deve estaratenta aos anseios de todos os públicos de interesse: acionistas, colaboradores, governo, parceiros, e comunidade em geral. Palavras-Chave Governança Corporativa; Responsabilidade Social; Sustentabilidade.

Introdução

A Governança Corporativa ganhou destaque nas últimas décadas do século XX, respondendo à crescente demanda por melhores modelos e práticas que garantam sustentação à segurança dascorporações. Fatores como os diversos escândalos e falências envolvendo grandes empresas nacionais e internacionais na década de 90, bem como o crescimento do mercado de capitais foram fundamentais para intensificar seu conceito e aumentar sua relevância. Boas práticas de governança corporativa são fundamentais para que uma empresa evite fraudes e se torne mais atrativa a investidores, poispossibilitam a adoção de uma postura mais transparente nos negócios, o que transmite uma imagem positiva da organização e assim, aumenta seu valor no mercado. O presente trabalho apresenta uma revisão da literatura sobre o conceito de governança corporativa e sobre os fatores que motivam a sua existência. Além disso, destaca o cenário da governança corporativa no Brasil, que se desenvolveuprincipalmente para solucionar o conflito de agência que ocorre entre acionistas majoritários e minoritários. A governança corporativa envolve princípios como: transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa (de acordo com o Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa, publicado pelo IBGC – Instituto Brasileiro de Governança Corporativa). Nesse contexto, o objetivo desteartigo é abordar a relação entre governança corporativa e responsabilidade social. A prática da governança corporativa tem alterado o foco das organizações. Atualmente, o grande diferencial já não é mais a qualidade, e, além disso, não somente o lucro importa, mas sim a postura ética e o comprometimento da empresa com seus acionistas, com a comunidade onde atua, como o meio ambiente e com asociedade como um todo.

2. Revisão Bibliográfica 2.1 – Conceito de Governança Corporativa A governança corporativa tornou-se dominante no mundo dos negócios a partir da década de 90. Essa intensificação se deve, principalmente, às mudanças como a abertura de mercado, a crescente busca por financiamentos e o aumento da competitividade, que trouxeram a necessidade de acesso das empresas ao mercado decapitais, e, além disso, a safra de escândalos envolvendo grandes empresas como a Enron, World Com, Parmalat, entre outras, tanto no Brasil como em diversos países. São atribuídos diversos conceitos para a governança corporativa, dentre os quais podemos destacar: La Porta et al. (2000) “governança corporativa é o conjunto de mecanismos que protegem os investidores externos da expropriação...
tracking img