Contracao muscular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1588 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O presente relatório é uma síntese dos experimentos realizados no laboratório de Fisiologia da FAESF, com o intuito de descrever e analisar os fatores que influenciam na junção neuromuscular esquelética.
A região onde ocorre encontro de transmissão especializado entre as extremidades de neurônios e obrigatoriamente células musculares denomina-se junção neuromuscular (JNM);terminações nervosas que se invaginam na fibra muscular. Essa transmissão deve ser segura e inalterável, para permitir que o sistema nervoso central assuma que ocorra resposta previsível a qualquer programa de atividade, em nervo motor, resultando em potencial de ação no músculo inervado.
A sua função que é a de traduzir, confiavelmente, um-para-um, dos potenciais de ação, no motoneurônio em potenciais deação no músculo pode ser assemelhada a de um detonador de bomba, onde pequeno impulso de eletricidade (o potencial de ação neural) deve confiavelmente, produzir resposta em sistema muito maciço (músculo). (DAVIES et. al.)
Esta prática tem como alvo a verificação e analise da condutibilidade neuromuscular de um estimulo elétrico e químico através de um estudo e um processo seqüencial conhecendoos princípios básicos da junção neuromuscular, utilizando um dispositivo capaz de estimular adequadamente a preparação biológica e outro dispositivo adequado para registrar experimentos laboratoriais; levando em conta todos os fatores e propriedades fisiológicas existentes no conjunto nervo-muscular esquelético
.












MATERIAIS E MÉTODOS



Segurou-se oanimal com a mão esquerda, deprimindo-lhe a cabeça com o e 2º e 3º quirodáctilos. Em seguida localizou-se na linha mediana do dorso a articulação atlo-occipital e introduziu-se nesse ponto a agulha para a aplicação do anestésico (0,5 mL de xilocaína 2%), no canal vertebral; em seguida fixou-se o animal em uma prancha de cortiça, em decúbito ventral, abriu-se a pele de uma das extremidadesposteriores, separou-se das adjacentes e removeu-se completamente, ao longo da coxa e toda a perna; logo após identificou-se o nervo ciático (abaixo do músculo glúteo) e isolou-se desde o joelho (nervo tibial). Usou-se, na medida do possível, um estilete para a dissecação. Não pegou-se o nervo coma pinça e lembrou-se de mantê-lo sempre umedecido com Ringer para a conservação do músculo. Consecutivamentecorou-se o nervo ciático junto a coluna vertebral e testou-se o efeito da estimulação mecânica, pinçando a extremidade livre do nervo.
Testou-se o efeito da estimulação elétrica e encontrou-se um estimulo simples, não muito intenso, que foi capaz de induzir uma contração. Aplicou-se esse estimulo primeiramente no nervo e depois diretamente na superfície muscular. Compararam-se os efeitos eprocurou-se explicar a diferença observada.
Na perna do sapo, isolou-se o músculo gastrocnêmico desde o tendão de Aquiles, mantendo a inserção do mesmo joelho. Prendeu-se o joelho da preparação em uma pinça femoral adequadamente montada em um suporte. Usou-se um alfinete e conectou-se o tendão de Aquiles a uma alavanca inscritora através de um quimiógrafo para se então obter os registros adequados.Utilizou-se uma bobina e em seguida instalou-se circuitos elétricos para levar estímulos ao músculo. Cada pólo de saída da bobina ficou em uma das extremidades do músculo. Iniciou-se os registros no ponto do papel vizinho a emenda e a alavanca tangenciou o papel para obter o registro adequado e girou-se antes de aplicar o estimulo seguinte. Assim o efeito desse outro estimulo foi registrado separadoao lado do anterior.
Começou-se do ponto de maior afastamento e variando a distancia entre o primário e o secundário da bobina, encontrando-se a intensidade mínima capaz de provocar uma contração no músculo. Afastou-se ligeiramente a bobina secundaria e certificou-se de que a nova intensidade é sub-limiar. Confirmando-se a ineficácia desse estimulo sub-limiar isolado, verificou-se que sucedeu...
tracking img