Contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2249 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO

2.1 APRESENTAÇÃO DO TEMA

O planejamento tributário é o estudo feito preventivamente, ou seja, antes da realização do fato administrativo, pesquisando-se seus efeitos jurídicos e econômicos e as alternativas legais menos onerosas, e exigindo antes de tudo bom senso do planejador.
Há alternativas legais validas para grandes empresas, mas que são inviáveis para as medias epequenas, dado o custo que as operações necessárias para execução desse planejamento podem exigir.
A relação custo benefício deve ser muito bem avaliada. Não há mágica em planejamento tributário, apenas alternativas, cujas relações custo, beneficio variam muito em função dos valores envolvidos.
O planejamento tributário preventivo (antes da ocorrência do fato gerador do tributo) produz a elisãofiscal, ou seja a redução da carga Tributária dentro da legalidade.
O perigo do mau planejamento é reverter em evasão fiscal, que é a redução da carga Tributária descumprindo determinações legais e que é crime de sonegação fiscal.

2.2 PROBLEMA

Há necessidade de uma organização em rever seus procedimentos para buscar a melhor forma de tributação para manter um bom posicionamentocompetitivo no mercado e defender-se das ações dos concorrentes.
Considerando que as empresas sempre buscam o aumento dos seus lucros, a necessidade de um planejamento em seu sistema tributário se torna cada vez maior.
Através desses pressupostos, questiona-se:
A empresa conseguirá obter uma lucratividade, realizando um planejamento tributário?

2.3 JUSTIFICATIVA

Faz-senecessário à execução de um planejamento tributário em uma organização, devido à enorme carga Tributária que é exercida sobre as empresas, o planejamento tributário tem o intuito de identificar a forma de tributação mais econômica para a empresa dentro da legalidade. Para que isso aconteça é preciso fazer um estudo detalhado dos regimes de tributação e então optar pelo mais adequado para a empresa, ou seja, aquela que gera um menor custo tributário e que a mesma, possa optar de acordo com a sua atividade.
Entretanto, o planejamento tributário é ao mesmo tempo, um fator de busca de janelas de oportunidades e um meio de prevenção contra problemas.

2.4 OBJETIVOS

2.5.1 Objetivo Geral

Analisar os regimes de tributação na esfera federal, lucro real, lucro presumido e SimplesFederal, identificando suas características e que tipos de empresas devem utilizá-los.

2.5.2 Objetivos Específicos

* Observar as características de todos os regimes de tributação, para uma analise mais detalhada de cada modelo.
* Identificar qual melhor forma de tributação para uma determinada empresa.
* Definir a importância de um bom planejamento tributário dentro docenário
econômico brasileiro.





















2 REFERANCIAL TEÓRICO

2.1 LUCRO REAL

Lucro Real significa o próprio lucro tributável, para fins da legislação do imposto de renda, ou seja, o resultado contábil ajustado pelas adições, exclusões ou compensações previstas na legislação pronta para ser tributado, distinto do lucro líquido apuradocontabilmente.
Como regra as empresas apuram o imposto de renda devido em períodos trimestral, encerrados em 31 de março, 30 de junho, 30 de setembro e 31 de dezembro de cada ano.
Estão obrigadas à apuração do imposto de renda com base no lucro real as seguintes empresas:
a)  Cuja receita total, ou seja, o somatório da receita bruto mensal, das demais receitas e ganho de capital, dos ganhoslíquidos obtidos em operações realizadas nos mercados de renda variável e dos rendimentos nominais produzidos por aplicações financeiras de renda fixa, da parcela das receitas auferidas nas exportações às pessoas vinculadas ou aos países com tributação favorecida que exceder ao valor já apropriado na escrituração da empresa, na forma da IN SRF nº 38, de 1997, no ano-calendário anterior, seja...
tracking img