Contabilidade no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1237 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Contabilidade no Brasil

A Contabilidade no Brasil iniciada na época colonial, vem ao decorrer dos anos evoluindo burocrática e cientificamente. Sob novas normas, códigos no procedimento contábil, e mudanças desde a Escola Politécnica do Rio de Janeiro, em 1890 ás Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Ciências Contábeis instituído em 2004.
A Influência das escolas do pensamentocontábil no Brasil integram inicialmente o patrimônio, advinda da Itália, e defendida por Vicenzo Masi e decreta pelo rei D. João VI, em 1808, e depois, em 1964 o método norte-americano, onde a tendência era tornar a contabilidade mais pratica, assim a padronizando. Existem varias associações de classe contábil para discussão de padronização e regulamentação contábil, mas os destaques são aitaliana Patrimonialista, e norte-americana.
Em 1770, surge a primeira regulamentação da profissão contábil no Brasil, quando Dom José, expede a carta de lei a todos os domínios. Neste documento, entre outras regulamentações, fica estabelecida a obrigatoriedade de registro da matrícula de todos os guarda-livros na junta comercial.
Quando a família real veio de Portugal, para o Brasil, em 1808 Dom JoãoVI decretou a obrigação de uso do método das partidas dobradas pelos contadores, segue o alvará manuscrito do decreto:
Para que o método de escrituração e fórmulas de contabilidade de minha Real Fazenda não fique arbitrário à maneira de pensar de cada um dos contadores gerais, que sou servido criar para o referido Erário: ordeno que a escrituração seja mercantil por partidas dobradas, por ser aúnica seguida por nações civilizadas, assim pela sua brevidade para o manejo de grandes somas, como por ser mais clara e a que menos lugar dá a erros e subterfúgios, onde se esconde a malícia e a fraude dos prevaricadores. 
Depois de alguns anos a contabilidade é organizada no método de partidas dobradas, por Alves Branco sendo mais um passo para a contabilidade no setor publico.
A essência destemétodo, é que o registro de qualquer operação implica que um débito em uma ou mais contas deve corresponder um crédito equivalente, em uma ou mais contas, de forma que a soma dos valores debitados seja sempre igual a soma dos valores creditados, ou simplificando: NÃO HÁ DÉBITO SEM CRÉDITO CORRESPONDENTE; DÉBITO = CRÉDITO, OU ORIGENS = APLICAÇÕES. CONTAS- Representam os registros de débito ecrédito da mesma natureza ou espécie identificadas por um título que qualifica os elementos do patrimônio (bem, direito, obrigação ou situação líquida) ou uma variação patrimonial (receitas e despesas).

O Código comercial brasileiro, em 1850, passou a obrigar a manutenção e escrituração de livros por comerciantes, daí então, teve de oferecer a disciplina de Escrituração Mercantil, no InstitutoComercial do Rio de Janeiro, surgido em 1863, para que os comerciantes estivessem preparados para a pratica do registro contábil. Passados sete anos, acontece por meio de decreto a primeira regulamentação da profissão contábil no Brasil, que passa a reconhecer a primeira profissão liberal regulamentada no pais. Nesse período foram dados os primeiros passos rumo ao aperfeiçoamento da área. Na contadoriapública passou-se a somente admitir guarda-livros que tivessem cursado aulas de comércio, criado em 1863. O exercício da profissão requeria um caráter multidisciplinar. (VENCESLAU, 2007) Para ser guarda-livros era preciso ter conhecimento das línguas portuguesa e francesa, esmerada caligrafia e, mais tarde, com a chegada da máquina de escrever, ser eficiente nas técnicas datilográficas.
OsConselhos Federal, e regionais de Contabilidade foram criados em 1946, para que "seja feita a fiscalização do exercício da profissão, contabilista, assim atendendo-se os profissionais habilitados como contadores e guarda-livros, de acordo com as disposições constantes do Decreto nº 20.158, de 30 de Junho de 1931, Decreto nº 21.033, de 8 de Fevereiro de 1932, Decreto-lei número 6.141, de 28 de...
tracking img