Contabilidade geral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1172 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESPOSTAS ATIVIDADE AVALIATIVA ENTREGA EM: 11/06/2010

1 ) - BALANÇO PATRIMONIAL BP
- DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS DRE
- DEMONSTRAÇÃO DOS LUCROS E PREJUÍZOS ACUMULADOS DLPA - DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS DOAR( FOI EXTINTA POR FORÇA DA LEI 11.638/2007, SENDO OBRIGATÓRIA PARA APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ATÉ 31/12/2007.
- DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DOPATRIMÔNIO LÍQUIDO DMPL

2 ) AS NOTAS EXPLICATIVAS TEM POR FINALIDADE COMPLEMENTAR AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS MOSTRANDO OS CRITÉRIOS CONTÁBEIS UTILIZADOS PELAS ORGANIZAÇÕES, INCLUSIVE A COMPOSIÇÃO DO SALDO DE DETERMINADAS CONTAS, OS MÉTODOS DE DEPRECIAÇÃO E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS ELEMENTOS PATRIMONIAIS.

3 ) VISAM FORNECER INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA ESCLARECIMENTO DA SITUAÇÃOPATRIMONIAL, OU SEJA, DE DETERMINADA CONTA, SALDO OU TRANSAÇÃO, OU DE VALORES RELATIVOS AOS RESULTADOS DO EXERCÍCIO.

4 ) O GRUPO DAS CONTAS QUE COMPÕEM O ATIVO E PASSIVO DENOMINA EM “ BALANÇO PATRIMONIAL”.

5 ) CAIXA, BANCOS, DUPLICATAS A RECEBER, ESTOQUE DE MERCADORIAS, ( NO PRAZO MÁXIMO DE 12 MESES).

6 ) SÃO AS CONTAS DA MESMA NATUREZA DO ATIVO CIRCULANTE, QUE TENHAM SUA REALIZAÇÃO
CERTA OUPROVÁVEL APÓS O TÉRMINO DO EXERCÍCIO SEGUINTE, QUE SIGNIFICA NUM PRAZO SUPERIOR A UM ANO A PARTIR DO PRÓPRIO BALANÇO.

7 ) SÃO CLASSIFICADAS NESSE GRUPO AS PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS PERMANENTES, ASSIM ENTENDIDAS AS IMPORTÂNCIAS APLICADAS NA AQUISIÇÃO DE AÇÕES E OUTROS TÍTULOS DE PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS.

8 ) CLASSIFICA NESTA CONTA OS BENS INCORPÓREOS DISTINTOS A MANUTENÇÃO DA COMPANHIA OUEXERCIDOS COM ESSA FINALIDADE EX.: SOFTWARES, MARCAS E PATENTES.

9 ) DEPRECIAÇÃO – É A DIMINUIÇÃO DO VALOR DOS BENS MATERIAIS CORPÓRESOS QUE INTEGRAM O ATIVO IMOBILIZADO NA DECORRÊNCIA DE DESGASTE OU PERDA PELO USO.
AMORTIZAÇÃO – É A PERDA DE VALOR DE COISAS IMATERIAIS OU DE IMOBILIZAÇÕES FINANCEIRAS.
EXAUSTÃO – É A PERDA DE VALOR QUE SOFREU AS IMOBILIZAÇÕES SUSCETÍVEIS E QUE SE ESGOTA NOCORRER DO TEMPO EX.: RESERVAS MINERAIS.

10 ) É O PERÍODO DE TEMPO DESDE A COMPRA DE MATÉRIA PRIMA OU MERCADORIAS PARA REVENDA ATÉ O RECEBIMENTO DO DINHEIRO RELATIVO A VENDA DOS PRODUTOS FABRICADOS OU REVENDIDOS.

11 ) CLASSIFICA OS VALORES QUE OS SÓCIOS OU ACIONISTAS TEM NA EMPRESA EM UM DETERMINADO MOMENTO E DIVIDE-SE EM: CAPITAL SOCIAL, RESERVAS DE CAPITAL, RESERVAS DE REAVALIAÇÃO,RESERVAS DE LUCROS, LUCROS OU PREJUÍZOS ACUMULADOS.

12 ) RECEITA – SÃO AS VENDAS DE UMA EMPRESA ONDE NO SEU PREÇO DE VENDA ESTARÁ EMBUTIDO SUA LUCRATIVIDADE.
DESPESA – É TODO GASTO DE USO E CONSUMO OU PERDAS.

13 ) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS

( + ) RECEBIMENTO DE CLIENTES
( - ) PAGAMENTOS DE FORNECEDORES
( + ) CAIXA GERADO PELAS OPERAÇÕES
( - ) JUROS PAGOS
( - )IMPOSTO DE RENDA E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL PAGOS
( - ) IMPOSTO DE RENDA NA FONTE SOBRE DIVIDENDOS RECEBIDOS
( = ) CAIXA LÍQUIDO PROVENIENTE DE ATIVIDADES OPERACIONAIS

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS

( - ) AQUISIÇÃO DA CONTROLADA X LIQUIDO DO CAIXA INCLUÍDA NA AQUISIÇÃO
( - ) COMPRA DO ATIVO IMOBILIZADO
( + ) RECEBIDO PELA VENDA DE EQUIPAMENTO
( + ) JUROS RECEBIDOS( + ) DIVIDENDOS RECEBIDOS
( = ) CAIXA LÍQUIDO USADO NAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO

( + ) RECEBIDO PELA EMISSÃO DE AÇÕES
( + ) RECEBIDO POR EMPRÉSTIMO A LONGO PRAZO
( - ) PAGAMENTO DE PASSIVO POR ARRENDAMENTO
( - ) DIVIDENDOS PAGOS
( = ) CAIXA LÍQUIDO USADO NAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO

AUMENTO DE CAIXA E EQUIVALENTES DECAIXA

DISPONIBILIDADES – NO INÍCIO DO PERÍODO
DISPONIBILIDADES – NO FINAL DO PERÍODO

14 ) RECEITA OPERACIONAL BRUTA
VENDAS DE PRODUTOS
VENDAS DE MERCADORIAS
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
( - ) DEDUÇÕES DA RECEITA BRUTA
DEVOLUÇÕES DE VENDAS
ABATIMENTOS
IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES INCIDENTES SOBRE VENDAS
( = ) RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA
( - ) CUSTO DAS VENDAS
CUSTO DOS PRODUTOS...
tracking img