Contabilidade do mundo antigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Contabilidade do mundo antigo

No Brasil, a maior parte do que se conhece sobre a História Antiga da Contabilidade provém das pesquisas feitas pelo historiador italiano Federigo Melis, que em 1950publicou a sua Storia della Ragioneria. Essa obra foi muito estudada e divulgada pelo Professor Antonio Lopes de Sá e vários outros autores a partir da segunda metade do século XX. Antes do eminenteprofessor, havia as obras de Carlos de Carvalho e Francisco D´Áuria, que produziram vários textos sobre a Contabilidade Antiga, mas se concentrando mais no período de e posterior a 1494.
Dostrabalhos desses autores, temos a seguinte divisão da História da Contabilidade:
Era Antiga - de 8.000 anos atrás até 1202
Era da Sistematização - de 1202 até 1494
Era da Literatura - de 1494 até 1840Assim, 1202 seria um marco devido a obra do famoso Leonardo Fibonacci, que ensinou o uso do ábaco e propôs a substituição dos numerais romanos pelo algarismos arábicos para se efetuar cálculos. Em 1494houve a publicação do célebre texto de Luca Pacioli sobre o método das partidas dobradas, enquanto 1840 seria o ano em que surgiria o primeiro trabalho reconhecido pelos mestres como científico.
Comomanifestações antigas da Contabilidade, os professores citam os vários registros dos sumérios-babilônios (escrita cuneiforme), egípcios e fenícios (que desenvolveriam o primeiro alfabeto), além dosmais recentes cretenses, gregos e romanos.


Tábua de barro de 2040 a.C. com balanço anual de uma oficina de cerâmica em Ur, na antiga Suméria, com registros de matérias-primas e dias de trabalho
Oantigo Império Romano tinha uma contabilidade bem desenvolvida, como se pode supor pela imensidão do império, que exigia uma contabilidade pública que fosse capaz de organizar de maneira eficiente umavasta gama de recursos, distribuídos entre povos longínquos e de culturas díspares. A contabilidade imperial ficava centralizada na figura do Contador-Geral do Estado, cargo muito importante e que...
tracking img