Conhecimentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (519 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia
São Luís: 15/10/2012 – Curso: L C A – 1º período
Nome: Fulano de Tal da hora –
Disciplina: Metodologia de Pesquisa / Prof.: VC

ResenhaCrítica do Livro: Por que Ler os Clássicos.

Referência:
CALVINO, Ítalo. Por que Ler os Clássicos. Cultrix, SÃO PAULO, 1993.


O autor trata de definições em grande escala das variações, formas epontos de vista de outros autores, conceitos de interpretes, em relação às obras clássicas respectivamente apresentadas.

“isso confirma que ler pela primeira vez um grande livro na idade madura, éum prazer extraordinário diferente (mas não pode dizer maior ou menor) se comparado a uma leitura da juventude” (Calvino).

Primeiramente mostra a relatividade de percepção e entendimento do leitorsobre obras quanto à maturidade e fazes estas que englobam significativamente o determinado processo de entendimento deste.

Calvino apresenta durante sua obra outras, que possuem fortesinfluências, pois são consideradas como obras de peso da literatura universal. Estas obras são classificadas como marcas da leitura e dadas como inesquecíveis, pois antecedem e relembram com ênfase,características ou heranças culturais, exemplificando o tipo de linguagem e costumes talvez vivenciados do leitor.
Posteriormente, Calvino fala de características que os clássicos devem oferecer-nos quanto asua leitura, enfatizando sua realidade em relação ao entendimento que tínhamos do tal.

O autor recomenda a leitura original dos clássicos com maior enfoque no universo textual apresentado na obra,deixando em outro plano as interpretações, comentários e críticas, pois em grande maioria, estas são consideradas como “cortina de fumaça” escondendo verdadeiramente o entendimento que o originaltexto tende a passar.

“um clássico é uma obra que provoca incessantemente uma nuvem de discursos críticos sobre si, mas continuamente as repele para longe” (Calvino).

Em maior destaque...
tracking img