conhecimento cientifico e metodo cientifico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2222 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
EM BUSCA DE UM MODELO UNIFICANTE PARA AS CINCIAS E DE UM RETORNO UNIVERSIDADE CRIATIVA I -- INTRODUO Alberto Mesquita Filho Comeo, regra geral, as minhas lies sobre Mtodo Cientfico dizendo aos meus alunos que o mtodo cientfico no existe. Acrescento que tenho obrigao de saber isso, tendo eu sido, durante algum tempo, pelo menos, o nico professor desse inexistente assunto em toda a ComunidadeBritnica. ... Tendo, ento, explicado aos meus alunos que no h essa coisa que seria o mtodo cientfico, apresso-me a comear o meu discurso, e ficamos ocupadssimos. Pois um ano mal chega para roar a superfcie mesmo de um assunto inexistente. Karl R. Popper HYPERLINK http//www.ecientificocultural.com/ECC2/artigos/metcien1.htm l 01 1Resumo Este artigo o primeiro de uma srie de artigos relacionadosmetodologia cientfica e cuja temtica foi dividida em cinco tpicos principais. Corresponde a uma verso atualizada de consideraes expressas pelo autor a partir de 1983, em livros, artigos e conferncias citados no texto colaborou, para esta atualizao, a experincia adquirida pelo autor no processo de remodelao da Pr-Reitoria Comunitria da USJT (1992-1993), bem como aquela adquirida junto aos demaismembros da equipe criada pelos Conselhos Superiores da USJT (1994) --expandida em 1995-- com a finalidade de implantar o Centro de Pesquisa da USJT. Os conceitos foram axiomatizados, de forma a darem corpo a uma nova teoria sobre o mtodo cientfico, permitindo mesmo a constatao de possveis aplicaes dentro de um contexto abrangente, tais como 1) a teoria fornece os meios necessrios para que se promova aintegrao das cincias e, 2) propicia a sustentao de um projeto visando a caracterizar a universidade como o local apropriado para a formao de cientistas. Os cinco tpicos a serem abordados so, pela ordem I - Introduo, na qual proposta a regra delimitante da cincia II - O macromtodo cientfico e a Histria da Cincia III - O papel da universidade na produo de conhecimentos IV - O mtodo cientficopropriamente dito a) A teoria da prtica em cincia b) A prtica da teorizao cientfica V - O micromtodo cientfico e a Filosofia da Cincia. Os demais tpicos esto em fase de projeto, no havendo portanto previso quanto poca de publicao. HYPERLINK http//www.ecientificocultural.com/ECC2/artigos/ l 1. Colocao do problema. Mtodo, entre outras coisas, significa caminho para chegar a um fim ou pelo qual seatinge um objetivo. Que dizer ento do mtodo cientfico HYPERLINK http//www.ecientificocultural.com/ECC2/artigos/metcien1.htm l 02 2 Poderia dizer que o caminho trilhado pelo cientista quando em busca de verdades cientficas. Percebam que estou meramente jogando com as palavras e associando-as ao conceito de mtodo acima postulado. Quais so as verdades cientficas O que ser cientista O que cincia Existeuma cincia nica Quando nos reportamos a uma hipottica linha demarcatria, a separar o que julgamos ser uma verdade cientfica de outras possveis verdades, a que nos estamos referindo 2. O que cincia No fcil definir cincia, e so inmeros os tratados sobre o assunto a abordarem esta dificuldade. Ao leitor principiante em cincia e que queira penetrar na complexidade do tema, ou ento perceber aquantas anda nossa ignorncia a respeito, sugiro, se tiver pendores filosficos, que comece pelo livro de Chalmers (1976) HYPERLINK http//www.ecientificocultural.com/ECC2/artigos/metcien1.htm l 04 4 ou ento, se preferir algo mais ameno e mais voltado prtica cientfica, pelo livro de Beveridge (1980) HYPERLINK http//www.ecientificocultural.com/ECC2/artigos/metcien1.htm l 05 5. Ao leitor acomodado, e queno tenha amplo conhecimento do assunto, ou mesmo para aquele que pretenda prosseguir com esta leitura ciente de que possvel, pelo menos em nvel conjetural, enfrentar o desafio apontado, relatarei aqui a concluso de um ensaio, que sintetiza uma idia que me ocorreu h cerca de dez anos HYPERLINK http//www.ecientificocultural.com/ECC2/artigos/metcien1.htm l 06 6, e que apresentei, na sesso de...