Confirme seus contatos como amigos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1901 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RECURSOS POÉTICOS

ANTECANTO
O verso que se repete no início de todas as estrofes de um poema.

BORDÃO
E o que se repete no final do poema.

ESTRIBILHO ou REFRÃO
O conjunto de versos repetidos no decorrer do poema.

LICENÇA POÉTICA
Liberdade concedida a um artista, não necessariamente um poeta, para se expressar criativamente, sem obediência rígida a um cânone, a uma gramática, a umcódigo ou a um modelo convencional de escrita. Ao sabor deste tipo de liberdade, é possível encontrar os mais diversos desvios à norma poética, desde rimas falsas a versos de métrica irregular, desde temas obscenos em épocas de contenção moral a mistura de várias formas de expressão literária na mesma composição.

DIÉRESE
Separação de vogais na pronúncia ou na contagem silábica, Provocando umhiato no mesmo grupo vocálico que, na sinérese, Constituiria um ditongo ou tritongo. Palavras como "poesia" (tetrassílaba) e "tua" (dissílaba) admitem internamente opção entre a diérese (que as manteria na contagem: "po-e-si-a" e "tu-a") e a sinérese (que as reduziria, respectivamente, a trissílaba e monossílaba: "poê-si-a" e "tuá"), mas entre duas palavras é preferível a sinérese, desde que, emambas, as vogais sejam fêmeas - como em "Se a tanto" (sea), "me ajudar" (mea) ou "o engenho" (oen) - ou que apenas uma seja máscula, como em "Mas não servia ao pai..." (viaao) ou "Assim lhe era negada..." (lhee). Em caso de duas másculas, a diérese é obrigatória, como em "já é" ou "lá ia". Algumas palavras, como "arte", pedem diérese, mesmo com vogal fêmea (como em "a arte", "uma arte"), razão pelaqual Camões omitiu o artigo no verso "Se a tanto me ajudar o engenho e arte", a fim de amenizar o efeito da diérese. Consideremos sempre, entre quaisquer vogais, que a sinérese seja ritmicamente prioritária sempre que a diérese não seja obrigatória, partindo do princípio de que o verso todo é uma única palavra a ser redividida de acordo com o ouvido do poeta, e não do gramático.

ECTLIPSE
Tipo deapócope que favorece o encurtamento do verso Supressão de um fonema nasal final, para possibilitar a crase ou a elisão.
E nós com esperança = E| nós| co’es| pe| ran| ça1 2 3 4 5

ELISÃO
Eliminação da fêmea final duma palavra pela máscula inicial da palavra seguinte (como em "dantes" ou "destarte"), ou mesmo por outra fêmea (como em "dalgum" ou "pelamor de Deus"). Em alguns casos a vogalelidida é representada por um apóstrofo. "minh'alma".

SINÉRESE
Fusão de vogais, dentro da palavra ou entre palavras (apenas na pronúncia e na escansão, não na grafia), como em "poesia" (oe), "dessa igualdade" (ai) ou "espelha essa" (ae). Normalmente se fundem duas fêmeas ou uma fêmea com uma máscula (ditongos), mas pode haver triângulos conjugais (tritongos), como em "desconhecida e obscura" (aeo),e até quadriláteros, como em "O gênio sem ventura e o amor sem brilho" (aeoa). Alguns sustentam que, entre duas palavras, a fusão das vogais final e inicial numa mesma sílaba seria uma sinalefa ou elisão, enquanto que, dentro da mesma palavra, o ditongo resultante seria a sinérese propriamente dita; contudo, entendo eu que, para efeitos esticológicos, é irrelevante se temos uma fusão intra ouintervocabular: assim, por exemplo, ocorre sinérese (na segunda sílaba) tanto na frase "ímpia é nossa mente" quanto na palavra "impiedosamente", dado que, em ambos os casos, o verso inteiro se escande como um único morfema pentassílabo que resulta na redondilha menor.

ALITERAÇÃO
Coincidência de sonoridade inicial entre várias palavras no mesmo verso ou em versos seguidos. No verso livre, seu usointencional supre a ausência da rima como fator repetitivo que dá eufonia ao poema. Os tercetos abaixo, dum soneto de Gilka Machado, têm aliterações em vários versos: "tenhas talvez", "das distâncias do", "muito morro", "ti tristeza". Já no quarteto de Luís Delfino, a seguir, a aliteração ocorre no último verso, entre verbos começados por "en..."

ASSONÂNCIA
É uma figura de linguagem que...
tracking img