Cone penetration test

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1591 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SENAI – SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL

MATHEUS FELIPE PACKER

C.P.T
CONE PENETRATION TEST

BLUMENAU – 25 DE OUTUBRO DE 2010

MATHEUS FELIPE PACKER

C.P.T
CONE PENETRATION TEST
Trabalho apresentado na disciplina de Mecânica dos solos para o 3º semestre sob a orientação do professor Jader Novelletto..

BLUMENAU 2010

Sumário
Introdução Origem Modelos No BrasilObjetivo Anexos Conclusão Referências Bibliográficas 4 5 5 6 6 7 8 9

Introdução
Quando falamos em ensaio geotécnico de campo, o primeiro nome que nos vem a mente é o ensaio de sondagens à percussão, o SPT (Standart Penetration Test), mas agora, vem crescendo no comércio mundial, a utilização dos ensaios de cone, CPT (Cone Penetration Test). O SPT tem tido preferência devido à facilidade deexecução do ensaio e grande número de experiências desde seu lançamento. Mas a partir da década de 80, aparece no cenário comercial dos ensaios geotécnicos, o ensaio de cone (CPT). O desenvolvimento tecnológico industrial internacional, particularmente o italiano, possibilitou a simplificação e o barateamento do equipamento de cravação do cone, embora seu custo ainda represente de cinco a oito vezes ocusto do equipamento usado no ensaio SPT. Por outro lado, o ensaio CPT foi aos poucos sendo assimilado pelos projetistas. A resistência de ponta do cone era medida de 20 em 20 cm, o que resultava em um número de informações cinco vezes maior do que se obtinha pelo SPT. O ensaio de cone possibilitava, por exemplo, que pequenas camadas drenantes fossem identificadas no interior de uma camada argilosa,as quais confeririam ao solo um comportamento mais favorável em relação ao projeto em questão, principalmente no tocante as suas propriedades de deformabilidade e de compressibilidade. Podemos dizer que o ensaio de cone é tecnologicamente mais avançado que o ensaio SPT. Existem dois tipos de ensaio de cone, o CPT Mecânico e o CPT Elétrico, cada um com as suas vantagens.

Origem
O ensaio decone conhecido como cone holandês, ou também chamado de ensaio de penetração estática, foi criado na década de 30, (cone mecânico) no laboratório de Mecânica dos Solos de Delft, na Holanda. Dois equipamentos foram desenvolvidos: o primeiro (Barentsen, 1936) com a finalidade de obter dados sobre a consistência dos depósitos aluviais existente na parte oeste da Holanda, para estudos de implantação deestradas; o segundo (Laboratory of soil Machanics, Delft, 1936) tinha o objetivo de obter dados para o projeto de fundação em estaca, mais especificadamente dados sobre camadas arenosas. Desde o começo haviam diferentes objetivos quanto à sua utilização: obtenção de parâmetros geotécnicos,(densidade, angulo de atrito interno e coesão) - correlação direta com o comportamento de estacas ( o conerepresenta a miniatura de uma estaca ) e um terceiro, - a classificação e estratigrafia dos solos incorporou-se aos dois primeiros, a partir sobretudo do trabalho clássico de Begemann ( 1965). Posteriormente houve o desenvolvimento de piezocones(CPTU), que são cones com sensores eletro-eletrônicos para medir também a poro-pressão. No Brasil, apenas a partir da década de 80 que o CPT apareceu nocenário comercial dos ensaios geotécnicos.

Modelos
Existem dois tipos de ensaio de cone, o mecânico e o elétrico.
• Ensaio CPT Mecânico: É um ensaio geotécnico de campo realizado com um equipamento de cravação operado hidraulicamente, que permite a colocação de hastes de 1m de comprimento, marcadas de 20 em 20 cm, nas quais está acoplada uma ponteira mecânica cone-atrito que possibilita a leituraindependente da resistência a penetração da ponta cônica denominada de resistência de ponta qc [Mpa]; e a resistência a penetração total denominada de resistência de cone-atrito, da qual por subtração se obtém a resistência da luva cilíndrica de atrito, denominada de resistência de atrito lateral fs [KPa]. Ensaio CPT Elétrico: É um ensaio geotécnico de campo realizado com um equipamento de...
tracking img