Compreendo bgp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 180 (44803 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1.0



Esse material foi utilizado no curso de Recife-PE nos dias 24, 25, 26, 27 e 28 de setembro de 2012



O próximo curso será em Belo Horizonte nos dias 10,11,12,13 e 14 de dezembro de 2012

BGP Design com Roteadores
Cisco




Instrutor: Rinaldo Vaz
Analista de Redes
Responsável técnico pelo AS 28135

Versão do material: 2.1
Última publicação: 08/10/2012

1.0Visão Geral sobre BGP
1. Visão geral sobre BGP
• 1.1 Introdução
• 1.2 Requisitos para se tornar um sistema autônomo
• 1.3 Preenchendo o formulário do Registro.br
• 1.4 Quando utilizar IGP e EGP
• 1.5 Atributos BGP
• 1.6 Entendendo o processo de escolha de rotas

O trabalho Curso de BGP Design com Roteadores Cisco de Rinaldo Vaz foi licenciado com uma Licença
Creative Commons - Atribuição 3.0Não Adaptada.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em rinaldopvaz@gmail.com.
Versão do material: 2.1
Última publicação: 08/10/2012

v2.1 | Autor: Rinaldo Vaz | rinaldopvaz@gmail.com

2

1.1 Introdução



Diferenças entre FIB e RIB:
Fowarding Information Base (FIB)



Quando um router recebe 2 rotas diferentes para o mesmo prefixo oscritérios de escolha de rota são analisados. A rota que foi
considerada melhor de acordo com os critérios BGP fica na FIB.
(caso não haja uma rota de melhor metrica estática ou recebida por
outro protocolo de roteamento)
Router Information Base (RIB)





As rotas que não foram consideradas melhores ficarão guardadas na
RIB e serão utilizadas caso a rota principal fique indisponível.
O BGPjamais anuncia uma prefixo que não esteja na FIB!
v2.1 | Autor: Rinaldo Vaz | rinaldopvaz@gmail.com

3

1.1 Introdução


Distâncias administrativas:

Outro ponto importante é a distância administrativa, caso 2 prefixos
sejam idênticos, o router analisa essa distância, a menor sempre
"ganha". Caso sejam iguais, os critérios particulares do protocolo de
roteamento correspondente serãoanalisados:
Directamente Conectada 0
Estática 1
eBGP 20
EIGRP (Interno) 90
IGRP 100
OSPF 110
ISIS 115
RIP 120
EGP 140
EIGRP (Externo) 170
iBGP 200
BGP Local 200
Desconhecido 255
v2.1 | Autor: Rinaldo Vaz | rinaldopvaz@gmail.com

4

1.1 Introdução




A versão corrente do BGP é a versão 4, especificada na RFC
1771
É o protocolo responsável por fazer a internet funcionarda
maneira que é

v2.1 | Autor: Rinaldo Vaz | rinaldopvaz@gmail.com

5

1.1 Introdução



Algumas Características:

1. É um protocolo do tipo vetor de caminho;
2. As tabelas completas de roteamento são trocadas entre os dois
routers no início da sessão e as atualizações adicionais
incrementais são enviadas em seguida;
3. Atualizações adicionais são enviadas imediatamente atravésde
mensagens de update; (padrão)
4. Utiliza por padrão a porta TCP 179;

v2.1 | Autor: Rinaldo Vaz | rinaldopvaz@gmail.com

6

1.1 Introdução


Mensagens BGP:

1. Open (abertura) - É a primeira mensagem enviada por um router que deseja estabelecer uma
sessão com outro, esse por sua vez também envia uma mensagem open. Após recebidas
essas mensagens, cada router envia a primeiramensagem de keep alive e a sessão é
estabelecida.
2. Update (atualização) - É dentro dessas mensagens que vão informações sobre cada prefixo
que está sendo anunciado, uma mensagem de update também pode conter informações
sobre redes que ficaram indisponíveis e devem ser removidas
3. Notificação (notification message) – É enviada quando uma condição de erro é detectada;
elas são usadas paraencerrar uma sessão ativa e informar a quaisquer roteadores
conectados do porque do encerramento da sessão.
4. Keep-alive (ainda estou aqui) - De tempo em tempo cada router envia uma mensagem de
keep-alive para que o vizinho saiba que há conectividade IP. Caso o keep-alive atrase, o
router começa a contagem de hold-time e, se nesse período não for recebido nenhum
keep-alive, a sessão é...
tracking img