Comportamento alimentar e imagem corporal entre estudantes de educação física

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4139 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
artigo original

Comportamento alimentar e imagem corporal entre estudantes de educação física
Eating disorders and body image among physical education students
Maria Lúcia Magalhães Bosi1, Ronir Raggio Luiz2, Kátia Yumi Uchimura3, Fátima Palha de Oliveira4
resumo
objetivo: Caracterizar práticas alimentares e possíveis fatores de risco associados a transtornos do comportamento alimentarentre estudantes de Educação Física em uma universidade pública do município do Rio de Janeiro. método: Estudo seccional, elegendo-se como população-alvo um segmento de risco para o surgimento de transtornos alimentares. Foram aplicados os questionários Bulimic Investigatory Test Edinburgh (BITE), Eating Attitudes Test (EAT-26), Body Shape Questionnaire (BSQ) e uma variável que considera os doisinstrumentos associados. resultados: Detectou-se resultado positivo em 6,9% (IC95%: 3,6-11,7%) no EAT-26. No BITE, para sintomas elevados e gravidade intensa, foram encontradas prevalências de 5% (IC95%: 2,4-9,5%) e 2,5% (IC95%: 0,7-6,3%), respectivamente. Constatou-se que 26,29% das estudantes apresentavam comportamento alimentar anormal. Conclusão: Os resultados deste estudo indicam que se deveatentar para comportamentos alimentares de risco nesse grupo, justificando-se um olhar diferenciado em relação a esses futuros educadores.

Palavras-chave Transtornos alimentares, anorexia nervosa, bulimia nervosa, imagem corporal.

aBstraCt
Objective: To characterize eating practices and possible risk factors associated with eating disorders among physical education students in a publicuniversity of the Municipality of Rio de Janeiro, Brazil. Methods: Sectional study, electing as target population a risk group for the emergence of eating disorders. The questionnaires Bulimic Investigatory Test Edinburgh (BITE), Eating Attitudes Test (EAT-26), Body Shape Questionnaire (BSQ) and a variety that considers related issues were applied. Results: A positive result was detected in 6.9% of cases(IC95%: 3.6-11.7%) on EAT-26. On BITE, for elevated symptoms and severe cases, a prevalence of 5% was found (IC95%: 2.4-9.5%) and 2.5% (IC95%: 0.7-6.3%), respectively. It was evidenced that 26.29% of students presented abnormal eating behavior. Conclusion: The results of this study demonstrate the need to pay attention to risk eating behaviors in this group, being justified to take special carewith these future health care educators.

Key-words Eating disorders, anorexia nervosa, bulimia nervosa, body image.

Recebido em 10/12/2007 Aprovado em 21/2/2008

1 Departamento de Saúde Comunitária da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC). 2 Instituto de Estudos em Saúde Coletiva (IESC/CCS) da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). 3Ciências Médicas da UFC. 4 Departamento de Biociências da Atividade Física da Escola de Educação Física/Desportos da UFRJ. Endereço para correspondência: Maria Lúcia Magalhães Bosi Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará Rua Professor Costa Mendes, 1608, 5º Andar, Rodolfo Teófilo – 60416-200 – Fortaleza, CE E-mail: malubosi@iesc.ufrj.br

artigo original

Comportamento alimentar eimagem corporal entre estudantes de educação física

29

introduÇÃo
O aumento da prevalência e da incidência de transtornos do comportamento alimentar (TCA) – como anorexia nervosa (AN) e bulimia nervosa (BN) – na população ocidental tem sido alvo de muitas controvérsias, pois o aumento da capacidade de detecção e o registro dos casos, nos últimos anos, têm contribuído para elevar os dadosestatísticos e, de maneira contraditória, para confundir o entendimento da real evolução desse fenômeno na sociedade1,2. Existe consenso, no entanto, de que tais problemas atinjam, predominantemente, adolescentes e mulheres adultas jovens1,3,4, com proporção média na relação entre homens e mulheres de 1:105, podendo variar entre 1:6 e 1:20, conforme o critério diagnóstico utilizado e a modalidade...
tracking img