Comentario do filme mar adentro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (640 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
COMENTÁRIO DO FILME MAR ADENTRO

O filme conta a história de um homem ,Ramon Sampedro,que sofreu um acidente deixando-o tetraplégico. Durante vinte e oito anos viveu em cima de umacama, inteligente ,lúcido ,Ramon resolve lutar pelo direito de tirar a própria vida (eutanásia).

O fato de está sempre precisando de alguém foi decisivo na sua decisão .obtendo ajuda de uma advogada, fez uma petição ao juiz solicitando a pratica da eutanásia.

Sofrendo retaliações e críticas por parte da população, da igreja em sua ideologia que Deus é o único ser que pode tirar a vida eleda continuidade ao seu objetivo.

Sua família,que por apoiar a sua decisão,sofreu agressões verbais da igreja e do povo passou a não mais aceitar a eutanásia.

O Estado, negou o seu pedidoafirmando que em seu pais todos tem o direito a vida. a pratica da eutanásia,sob estas condições significaria a negação deste direito, portanto para aceitar e acatar está vontade, seria preciso mudar alei maior ,a constituição mesmo o pedido partindo de uma pessoa nesta condição .

somos realmente proprietários de nossas vidas ?ou achamos que somos?.

Nossa vida está atrelada a normas e regrasque de uma forma sutil nos tornam propriedade delas . contrapondo as leis teremos uma punição quem não vota paga multa e tem o titulo suspenso. Se essa pessoa não quiser votar não simpatizar com oscandidatos ele não poderá fazer o que é de sua vontade. Que liberdade é essa ?.diante de diversas situações verificamos que somos donos “parcialmente de nós mesmos”ou até enquanto for conveniente parao estado.

No caso do personagem do filme ,apesar de esta em perfeita sanidade mental para decidir se quer “viver”entre aspas ,pois viver para ele a mais de vinte anos em uma cama não é vida ouse quer “morrer” com dignidade .o Estado acaba privando-o de realizar a sua vontade.

estamos acostumados a julgar os outros em suas ações,opiniões,mesmo quando estas ações não são prejudiciais...
tracking img