Comandos telnet vt100

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3649 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
COMANDOS PARA TELNET VT100.



@...VTSay

Tipo: TELNET VT100
Exibe dados em uma linha e coluna especificadas

Sintaxe
@ ,
[VTSAY [PICTURE ]]

Parâmetros
e são as coordenadas de linha e coluna da sa¡da.
Os valores de linha podem variar entre zero e VTMAXROW(). O mesmo vale para as colunas.
VTSAY exibe o resultado de uma expressão dequalquer tipo.
PICTURE define a mascara para a saída de exp.

Exemplo
nQtd :=15.45
cDesc := "Teste descricao"
//
@ 1, 1 VTSAY nQtd PICTURE "@9999.99"
@ 2, 1 VTSAY “Teste VTG100”
@ 4, 1 VTSAY cDesc PICTURE "@!"



VTClear Screen

Tipo: TELNET VT100
Apaga a tela e coloca o cursor na posição inicial

Sintaxe
VTCLEAR [SCREEN]@...VTGet

Tipo: TELNET VT100
Cria um novo objeto VTGET e o coloca em exibição na tela

Sintaxe
@ ,
[VTSAY
[PICTURE ]]
VTGET
[PICTURE ]
[WHEN ]
[VALID ]
[PASSWORD]
[F3]

Parâmetros
e São as coordenadas de linha e coluna para a operação. Se a clausula VTSAY está  presente, especificamas coordenadas para o VTSAY, e o VTGET ‚ exibido a direita deste.

VTSAY exibe o valor de nas coordenadas especificadas. Caso a PICTURE seja especificada.
VTGET define o nome da variável de qualquer tipo de dados a ser editada. Ela pode ser caractere, data ou numérica .
PICTURE especifica uma mascara para exibição e as regras para edição do VTGET.
WHEN especificauma expressão que deve ser satisfeita antes do cursor entrar na região de edição de VTGET. Se ‚ avaliada como verdadeira (.T.), ‚ permitido ao cursor entrar; de outra forma, o VTGET corrente ‚ saltado e o cursor move-se para o próximo VTGET.

VALID especifica uma expressão que deve ser satisfeita antes que o cursor possa deixar a região de edição do VTGET corrente. OVALID ‚ avaliado sempre que o usuário tenta deixar a região de edição do VTGET, a menos que a tecla Esc seja pressionada . Se retorna falso (.F.), o controle retorna ao VTGET e o usuário não pode deixa -lo até que retorne verdadeiro (.T.) ou o usuário aperte Esc. Um VALID pode conter ou ser uma função definida pelo usuário, permitindo-lhe executar buscas e outros tipos de operaçõesde validação.
PASSWORD Monta o VTGET para entrada de dados com * na tela, utilizado para SENHAS
F3 Associa este VTGET a uma tabela do SXB ou Sx5.

Descrição
Quando um comando VTREAD ‚ especificado, um VTGET executa uma edição do conteúdo de de qualquer tipo de dado. Quando um objeto VTGET ‚ criado, o nome e valor corrente de são guardados no objeto VTGET. O valor de ficaarmazenado no que‚ chamado de buffer do VTGET. O buffer de VTGET ‚ o que ‚ realmente mostrado na tela e editado.

Exemplo
#include ‘apvt100.ch’
nNumber = 0
@ 0, 0 VTSAY "Digite um numero”;
VTGET nNumber;
VALID nNumber > 0

VTRead

Tipo: TELNET VT100
Ativa edição em tela usando objetos GET

Sintaxe
VTREAD

Descrição
Ocomando READ executa um módulo de edição em tela usando todos os objetos VTGET criados e adicionados.

Dentro de um READ, o usuário pode editar o buffer de cada objeto VTGET bem como mover-se de um objeto GET para outro. Antes que o usuário possa entrar com um objeto VTGET, o controle passa para o respectivo WHEN.
Quando o usuário pressiona uma tecla de saída de VTGET, o controlepassa VALID respectivo, caso tenha sido
especificada.


O exemplo abaixo define vários VTGETs e a seguir usa o comando
READ:

#include ‘apvt100.ch’
cVar1 := cVar2 := cVar3 := SPACE(10)
@ 1, 1 VTSAY "Um :" VTGET cVar1 VALID !EMPTY(cVar1)
@ 2, 1 VTSAY "Dois:" VTGET cVar2 WHEN RTRIM(cVar1) != "Um"
@ 3, 1 VTSAY "Tres:" VTGET cVar3 VALID...
tracking img