Coimbra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4900 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Coimbra

Introdução

Neste meu trabalho vou falar sobre Coimbra.

Monumentos

Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra é uma das mais antigas da Europa. Fundada em Lisboa por D. Dinis em 1290, foi definitivamente transferida para Coimbra em 1537, vindo a ocupar os edifícios do Paço Real Medieval. Durante os reinados de D. João V e D. José I, a instituição sofreu grandesreformas, não só a nível do ensino, mas também no que respeita à construção de novos edifícios de estilo barroco e neo-clássico.

Biblioteca Joanina

A construção iniciou-se em 1717, sob a égide de D. João V e é a mais famosa biblioteca em Portugal, devido ao seu estilo único. No piso superior, a biblioteca é composta por três salas, comunicantes por arcos decorados em madeira policromada, idênticosà estrutura do portal. As paredes estão cobertas por estantes lacadas de vermelho e verde escuro, com decorações em chinoiserie dourada. Ao gosto barroco, os tectos estão ornamentadas com decorações de ilusão óptica. Os mais de 300 mil volumes que encerra esta "Casa da Livraria", distribuem-se desde o século XII ao século XIVIII, e versam sobretudo sobre áreas como o direito (civil e canónico), ateologia e a filosofia.

Capela de S. Miguel

As obras da construção da Capela de S. Miguel iniciaram-se em 1517, sob a direcção do arquitecto Marcos Pires. A fachada mostra uma porta em estilo manuelino, com acesso lateral atravé de uma porta neoclássica. No interior, é possível admirar um imponente órgão barroco de 1733, decorado em talha e chinoiseries ao estilo D. João V. As paredes danave são revestidas de azulejos de tipo tapete, do século  XVII, e do século XVIII os da capela-mor. O retábulo principal (1605) é um trabalho maneirista. 

Prisão Medieval e Académica

Tendo a Universidade um foro próprio, era natural que a instituição dispusesse de um local de cárcere para os escolares condenados no âmbito desse direito privado. Assim, o cárcere situava-se (desde 1782 até àextinção do foro em 1832) no piso inferior da Casa da Livraria, sendo composto de pequenas salas abobadadas, sem luz directa, que os frequentadores forçados consideravam insalubres.

Sala das Armas

A Sala das Armas fazia parte da ala real do antigo paço. Alberga a panóplia das armas (alabardas) da Guarda Real Académica, que ainda hoje são utilizadas pelos Archeiros (guardas) nas cerimóniasacadémicas solenes.

Sala dos Capelos

É nesta sala que actualmente têm lugar as mais importantes cerimónias académicas, designadamente os Doutoramentos solenes, "honoris causa", Investidura do Reitor e Abertura Solene das Aulas. Inicialmente, foi a sala do trono do Palácio Real de Coimbra. Na  segunda metade do séc. XVII foi remodelada, tendo ficado com o aspecto actual. No começo do séc. XVIII,as coberturas foram renovadas e as paredes superiores decoradas com telas que representam todos os reisde Portugal, enquanto o lambril foi coberto com azulejos do tipo tapete, fabricados em Lisboa. O tecto, apainelado, com decoração de grinaldas e grotescos pintados, exibe a data de 1655. 

Sala do Exame Privado

A sala onde, até à segunda metade do século XIX, se realizava o exame privado (queantecedia o doutoramento), reformada nos anos de 1701/ 1702, apresenta os retratos dos reitores dos séculos XVI a XVIII. No tecto, como nas sobreportas, vêem-se os emblemas das Faculdades. O lambril de azulejos de albarrada, azuis e brancos, são de feitura conimbricense do século X
Sé da Velha

O templo actual data da segunda metade do século XII, tendo sido aberto ao culto em 1184 e segue oestilo românico coimbrão da segunda fase. Com projecto do francês Mestre Roberto, a igreja tem um exterior robusto, simétrico, com escassas aberturas e coroamento de ameias.
O portal central tem decoração de clara influência islâmica, enquanto que a porta lateral, chamada "Porta Especiosa", atribuída a João de Ruão, revela elegante decoração renascentista. 
No interior, ao longo das naves...
tracking img