Cloreto de vinilo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1988 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Higiene do trabalho – substâncias químicas:

Curso de técnico superior de segurança e higiene do trabalho

CLORETO DE VINILO

Formadora: Ana Isabel Gomes

Trabalho realizado por: Ana Sofia Ribeiro Filipa Lobo Susana Correia

Porto, janeiro de 2013

1. CARACTERIZAÇÃO DO CLORETO DE VINILO MONÓMERO (CVM)
 Gás inflamável, incolor e mais denso que o ar;  Pode ser liquefeito, sendo armazenado sob aforma de líquido;  Insolúvel em água;  Fórmula molecular: C 2 H 3 Cl;  É uma substância fabricada, não existe na natureza, podendo-se formar no ambiente quando são produzidas outras substâncias, tais como otricloroetileno, tricloroetano, e tetracloroetileno.
2

1. CARACTERIZAÇÃO DO CLORETO DE VINILO MONÓMERO
 Utilizado para produzir o policloreto de vinilo (PVC) através do processo depolimerização;  O PVC é usado no fabrico de : • • • • • • plásticos tubos fios cabos de revestimento embalagens mobiliário e artigos de decoração
3

2. EFEITOS DO CLORETO DE VINILO NA SAÚDE
 Classificado como agente cancerígeno da categoria 1
6 7 / 5 4 8 / C E E d o C o n s e l h o , d e 27 d e j u n h o ) (Diretiva

 Manifestações angioneuróticas dos dedos  Lesões tróficas cutâneas e ósseas(esclerodermia)  Anemia  Lesões hepáticas  Lesões osteolíticas da mão (falanges distais)

 Asma brônquica

4

2. EFEITOS DO CLORETO DE VINILO NA SAÚDE
 Depressão do sistema nervoso central  vertigens, desorientação e sonolência  lesões tróficas cutâneas e mineralização óssea

 má disposição abdominal, náuseas  lesões hepáticas  alterações da composição sanguínea,  perturbação na funçãorespiratória  neuropatia periférica

3. PROFISSÕES SUJEITAS AO CONTAMINANTE
 Indústria cerâmica  Indústria química (predominante na indústria de PVC)  Risco de exposição ao cloreto de vinilo para os

trabalhadores das empresas de transportes deste produto (ferroviário e rodoviário), pois as suas tarefas incluem o seu manuseamento.

6

4. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL
D i r e t i v a 7 8 / 61 0 / C E E , de 2 9 d e j u n h o d e 1 97 8 ( r e vo g a d a e m 2 0 0 3 )
Relativa à aproximação das disposições legislativas, regulamentares e administrativas dos Estados-Membros respeitantes à proteção sanitária dos trabalhadores expostos ao CVM.
2. Esta proteção inclui: 1. A presente diretiva tem por  medidas técnicas de prevenção; objeto a proteção dos  o estabelecimento VLC do CVM na trabalhadores:atmosfera da área de trabalho;  ocupados nos estabelecimentos  medidas de proteção individuais; em que o CVM é fabricado,  uma informação adequada aos recuperado, armazenado, trabalhadores sobre os perigos aos trasfegado, transportado ou quais estão expostos e sobre as utilizado de qualquer maneira, precauções a tomar; e/ou nas quais o CVM é  a inscrição dos trabalhadores num transformado empolímeros de registo indicando a natureza e a cloreto de vinilo; e duração da sua atividade bem como a  expostos, em qualquer área de exposição a que foram submetidos ; trabalho, aos efeitos do cloreto  disposições em matéria de vigilância de vinilo monómero . médica.
7

4. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL
D i r e t i v a 7 8 / 61 0 / C E E , d e 2 9 d e j u n h o d e 1 97 8  Art. 3º: o valor limite técnico delonga duração* é fixado em três partes por milhão (ppm);  Art. 4º: A concentração de CVM nas áreas de trabalho pode ser controlada por meio de métodos contínuos ou descontínuos.  método contínuo é obrigatório nos compartimentos fechados onde se efetue a polimerização do CVM. O valor limite técnico de longa duração considera-se como não tendo sido excedido sempre que o valor da média aritméticanão exceda aquele valor.  medidas descontínuas, o conjunto dos valores medidos deve ser tal que se possa estimar, com uma segurança estatística mínima de 95 %, que a média anual efetiva não excede o valor limite técnico de longa duração.  Art. 6º: deteção de aumentos anormais de CVM  ANEXO II - Linhas trabalhadores. diretrizes para a vigilancia médica dos
8

4. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL
D e c r...
tracking img