Citologia bateriana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1101 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1) MORFOLOGIA E CITOLOGIA BACTERIANA
As células bacterianas são caracterizadas morfologicamente pelo seu tamanho, forma e arranjo.

1.1) Tamanho
- Variam entre 0,2 por 2(m de diâmetro.


1.2) Forma

1.2.1) Cocos – são células esféricas (arredondadas)

1.2.2) Bacilos - são células, alongadas, cilíndricas, em forma de bastonetes. Ex.: Escherichia coli, Salmonella sp.

1.2.3)Espiroquetas, espirilos e vibriões - Formas helicoidais ou espiraladas possuem uma ou mais curvaturas.

- Espirilos: possuem corpo rígido dando uma ou mais voltas espirais em torno do próprio eixo; locomovem-se à custa de flagelos externos.
Ex: Aquaspirillum serpens

- Espiroquetas: São flexíveis e locomovem-se por meio de filamento axial
Ex: Treponema pallidum, Leptospira interrogans

-Vibrião: formas espiraladas muito curtas, assumindo a forma de vírgula.
Ex: Vibrio cholerae








1.3) Arranjo

- Diplococos: cocos agrupados aos pares.
Ex: Neisseria gonorrhoeae (gonococo), Neisseria meningitides (meningococo).

- Tétrades: agrupamentos de quatro cocos.

- Sarcina: agrupamentos de oito cocos em forma cúbica.
Ex.: gênero Sarcina.

- Estreptococos: cocos agrupadosem cadeias.
Ex.: Streptococcus pyogenes, Streptococcus mutans.

- Estafilococos: cocos em grupos irregulares, lembrando cachos de uva.
Ex.: Staphylococcus aureus.

- Diplobacilo: bacilos agrupados aos pares.

- Estreptobacilos: bacilos agrupados em cadeias.
















2) CITOLOGIA BACTERIANA

Na figura abaixo estão representadas esquematicamente algumasestruturas bacterianas.



[pic]



2.4) Parede celular

A parede celular bacteriana é uma estrutura rígida que recobre a membrana plasmática e confere forma às bactérias. Ela é constituída por uma macromolécula complexa denominada peptideoglicano. Além disso, a parede celular mantém a pressão osmótica intrabacteriana, impedindo o rompimento da célula devido à entrada de água (liseosmótica). A divisão das bactérias Gram-positivas e Gram-negativas, de acordo com sua resposta à coloração de Gram é decorrente das diferenças na composição e estrutura da parede celular.

- Gram Positivas: possuem em sua parede celular múltiplas camadas de peptideoglicano ligado a ácido teicóico, o que torna a parede dessas bactérias mais espessa e rígida que a das bactérias Gram negativas, essasbactérias são sensíveis à lisozima e sua parede constitui o local de ação de alguns antibióticos.
- Gram Negativas: a parede celular dessas bactérias é menos espessa e elas são mais complexas que as Gram positivas por apresentarem uma membrana externa cobrindo a única camada de peptideoglicano. A membrana externa atua como uma barreira seletiva para a entrada e saída de algumas substâncias dacélula e podendo ainda causar efeitos tóxicos sérios em indivíduos infectados. A estrutura da membrana externa é composta por fosfolipídios, lipoproteínas e lipopolissacarídeos (LPS). Os lipopolissacarídeos estão localizados exclusivamente na camada externa da membrana, enquanto que os fosfolipídeos estão presentes quase completamente na camada interna. A porção lipídica do LPS é também conhecida comoendotoxina e pode causar febre e choque.





















2.1) Flagelos
Flagelos são estruturas especiais de locomoção, constituídas por uma estrutura protéica denominada flagelina, formando longos filamentos delgados e ondulados de 3-12 (m que partem do corpo da bactéria e se estendem externamente à parede celular. As bactérias recebem denominações especiais de acordocom a distribuição dos flagelos: monotríquias (um flagelo em uma das extremidades); anfitríquias (um flagelo em cada extremidade); lofotríquias (tufo de flagelos na extremidade); e peritríquias (cercadas de flagelos).

2.2) Fímbrias
As fímbrias ou "Pili" são estruturas filamentosas mais curtas e delicadas que os flagelos, constituídas por uma proteína chamada pilina e presentes em muitas...
tracking img