Cipa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 40 (9826 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
APOSTILA

CIPA

UNIVALI – Universidade do Vale do Itajaí

MANDATO 2005/006

INTRODUÇÃO

A origem do acidente do trabalho remonta à história do próprio homem que, na luta pela sobrevivência, evoluiu desde as atividades de caça e pesca, ao cultivo da terra, à extração de minérios e à produção em grande escala nas indústrias.

O mundo modificou-se em seus costumes, formas de vida e, comisso, houve também mudanças nas relações de trabalho, provocadas, em sua base pela Revolução Industrial. Com a chegada da máquina, surgiram de forma assustadora, os acidentes de trabalho, oriundos dessa nova realidade.

A CIPA surgiu de uma recomendação da OIT (Organização Internacional do Trabalho) em 1921 e transformou-se em determinação legal no Brasil em 1944, já no governo de GetúlioVargas, vinte e três anos depois.

Hoje, a CIPA, tornou-se forte aliada dos trabalhadores e da empresa na prevenção dos acidentes do trabalho. Tenham certeza que nos próximos doze meses teremos muitos problemas a resolver, mas que, com perseverança e trabalho em equipe saberemos dar a melhor solução.

ÍNDICE

INTRODUÇÃO 02
1- OBJETIVOS DA CIPA 062- RISCOS AMBIENTAIS 06
2.1. Riscos Físicos 06
2.1.1. Ruído 06
2.1.2. Vibrações 06
2.1.3. Temperaturas Extremas 06
2.1.4. Pressões Anormais 07
2.1.5. Radiações Ionizantes 07
2.1.6.Radiações Não Ionizantes 07
2.1.7. Umidade 07
2.2. Riscos Químicos 07
2.3. Riscos Biológicos 07
2.4. Riscos Ergonômicos 07
2.5. Riscos de Acidentes 07
3- MAPA DE RISCO 07
3.1. O que é 073.2. Quem Faz 08
3.3. Estudos dos Tipos de Riscos 08
3.4. Como Levantar e Identificar os Riscos Durante a Visita ao Setor 09
3.5. A Avaliação dos Riscos para a elaboração do Mapa 09
3.6. A Colocação dos Círculos na Planta ou Croqui 09
4- MEDIDAS DE CONTROLE 10
4.1. Eliminação do Risco10
4.2. Neutralização do Risco 10
4.3. Sinalização do Risco 11
4.4. Equipamentos de Proteção Individual – EPI 11
4.5. Obrigações do Empregador Quanto ao Uso do EPI 11
4.6. Obrigações do Empregado Quanto ao Uso do EPI 11
4.7. Podemos Fazer Ainda as Seguintes Recomendações 114.7.1. Empresa 11
4.7.2. SESMT 11
4.7.3. CIPA 11
4.7.4. Chefias 11
4.7.5. Funcionários 11
5- INSPEÇÃO DE SEGURANÇA 12
5.1. Objetivo 12
5.2. Inspeções que Podem ser Realizadas 12
5.2.1.Inspeções Gerais 12
5.2.2. Inspeções Parciais 12
5.2.3. Inspeções de Rotina 12
5.2.4. Inspeções Periódicas 13
5.2.5. Inspeções Eventuais 13
5.2.6. Inspeções Oficiais 13
5.2.7. Inspeções Especiais 13
5.3. Passos a Serem Seguidos na Inspeção de Segurança13
5.3.1. Observação 13
5.3.2. Registro 13 5.3.3. Análise de Riscos 13
5.3.4. Priorização 14
5.3.5. Implantação 14
5.3.6. Acompanhamento 14
6- INVESTIGAÇÃO E ANÁLISE DE ACIDENTES 15
6.1. Acidente do Trabalho – Conceito Legal...
tracking img