Cidadania no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3025 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UEDI do Centro Universitário UNIFEMM

DISCIPLINA: TEORIA DA CONSTITUIÇÃO I
PROFESSOR: TÚLIO LOUCHARD PICININI TEIXEIRA
TURMA: 1º PERÍODO B
| | |
| ||
| | |
| | |
| ||

IDENTIFICAÇÃO DE AUTOR E OBRA

CARVALHO, José Murilo de. CIDADANIA DO BRASIL: o longo caminho. 10ª Edição. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

Segundo currículo disponibilizado no site do CNPQ o autor é graduado em Sociologia e Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (1965), mestrado em Ciência Política -Stanford University (1969) e doutorado em Ciência Política - Stanford University (1975), pós-doutorado em História da América Latina na University of London (1977).
Foi professor da Universidade Federal de Minas Gerais, no Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, e professor visitante das universidades de Stanford, California-Irvine, Notre Dame (Estados Unidos), Leiden (Holanda),London e Oxford (Inglaterra) e na École des Hautes Études en Sciences Sociales (França). Foi pesquisador da Casa de Rui Barbosa, do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil, e pesquisador visitante do Institute for Advanced Study de Princeton. Atualmente é professor titular aposentado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É membro da Academia Brasileira deCiências e da Academia Basileira de Letras.
Suas pesquisas e sua produção concentram-se na história do Brasil Império e Primeira República, com ênfase nos temas da cidadania, republicanismo e história intelectual. Publicou dez livros, um traduzido para o francês, dois para o espanhol, organizou sete outros e publicou ainda mais de cem capítulos de livros e artigos em revistas especializadas.Orientou 12 monografias, 20 dissertações de mestrado e 18 teses de doutorado.[1]

RESUMO

Cidadania no Brasil: o longo caminho é um livro no qual o autor aborda temas como cidadania, política, sociedade, sufrágio universal, escravidão e colonização a fim de relacionar esses temas com o processo democrático brasileiro. José Murilo de Carvalho inicia sua obra, composta de quatro capítulos,descrevendo a cidadania sob três aspectos que são: os direitos civis, sociais e políticos, seguindo o modelo da pirâmide de T. A. Marshall. O autor quis mostrar que no Brasil não aconteceu uma unificação desses três direitos, nem o acesso a eles na sequência do modelo inglês.
Segundo a obra, o cidadão pleno é aquele que tem acesso aos direitos civis, políticos e sociais. No Brasil emdeterminadas épocas, primeiramente surgiram os direitos sociais, posteriormente, os direitos políticos e, finalmente os direitos civis; ao contrário do que ocorreu na Inglaterra durante o processo de democratização. Pode-se dizer que não havia cidadania – gozo de direitos civis e políticos de um estado – o povo não tinha espaço no sistema político no Império e nem mesmo na República. Em consequência disso,não havia lugar para a introdução de direitos, tais como os direitos sociais. Até 1930, não havia organização política nem sentimento nacional fortalecido.
São estudadas as fazes do processo de evolução da cidadania no Brasil, sendo no decorrer da obra descritas a carga pesada do passado de colônia de exploração, passando pela apresentação da forma como os direitos sociais tiveram...
tracking img