Ciclo do cobre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1814 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Prática nº 02 (28/02/13)
CICLO DE REAÇÕES DO COBRE




Disciplina: Laboratório de Química Geral e Inorgânica II
Professor: xxxxxxxxxxxxx













VILA VELHA
FEVEREIRO – 2013

1 – INTRODUÇÃO

O Cobre é um metal de transição de coloração avermelhada, maleável e bom condutor de eletricidade. A temperatura ambiente encontra-se no estado sólido. Tal como os outros metais,o cobre apresenta baixa energia de ionização, logo um elevado poder redutor. Industrialmente é um metal muito importante, sendo o terceiro mais usado após o ferro e alumínio, visto que 40% da produção do mesmo estão voltadas para a produção de cabos elétricos, moedas, ligas metálicas, tubos, etc.
O ciclo do cobre corresponde a sucessivas reações químicas, com processo cíclico, cujo reagenteinicial e produto final são o cobre, ou seja, é um método de recuperação. De acordo com a lei de Lavoisier, que enuncia que em um sistema fechado a massa total permanece constante, a massa do cobre nesse conjunto de reações deve ser igual a sua massa inicial. O rendimento da reação depende da extensão das reações, do grau de pureza dos reagentes e da qualidade do procedimento.
O ciclo de reaçõesenvolvendo o cobre permite o estudo dos compostos de cobre e suas reações, de acordo com o esquema:





2 – OBJETIVO

Familiarizar o estudante com uma seqüência de reações do cobre que formam um ciclo, observando ao mesmo tempo as mudanças nas cores e nas propriedades físicas que indicam essas reações.
Mostrar como adquirir habilidade no registro e na interpretação das observações, emtermos de equações químicas, como usar um sistema de classificação para agrupar reações químicas por tipo e como praticar técnicas quantitativas de laboratório para determinar a porcentagem da amostra inicial de cobre que é recuperada.

3 – PARTE EXPERIMENTAL

3.1 – Materiais e Reagentes

• Béquer 50mL, 250mL, 500mL;
• Vidro de relógio;
• Tubos de Ensaio de Vidro com tampa;
• Bastão devidro;
• Proveta 50 mL;
• Balança de precisão ±0,001g;
• Cadinho de Porcelana;
• Pipeta Graduada 5 mL;
• Chapa de Aquecimento;
• Espátula Metálica;
• Fio de Cobre;
• Zinco Granulado;
• HNO3 concentrado;
• NaOH 3 mol/L.;
• H2SO4 6 mol/L;
• HCl 6 mol/L;
• Metanol;
• Água Deionizada.



3.2 – Procedimentos
3.2.1 – Do Cobre para o Cu(NO3)2
Com auxílio de uma espátula metálicapesou-se 0,5g de Cobre Metálico no vidro de relógio na balança de precisão e em seguida transferiu-se o sólido para um tubo de ensaio com tampa. Encaminhou-se para a capela e lá foram adicionados ao tubo de ensaio 4mL de HNO3 concentrado.
Logo em seguida transferiu-se 100 mL de Água deionizada para um béquer de 250 mL e verteu-se o conteúdo do tubo de ensaio supracitado para dentro deste.
3.2.2 – DoCu(NO3)2 para o Cu(OH)2
Ao mesmo béquer contendo água e a substância que outrora estava no tubo de ensaio, acrescentou-se 30 mL de NaOH com auxílio de uma pipeta volumétrica tomando o cuidado para que seu escoamento se desse junto a parede do béquer.

3.2.3 – Do Cu(OH)2 para o CuO
Em uma chapa aquecedora, aqueceu-se o béquer 1 com a solução resutante do experimento 3.2.2 à uma temperturasuperior ao seu ponto de ebulição. Concomitante a este aquecimento, aqueceu-se 200mL de Água deionizada em outro béquer 2. Após a sedimentação do precipitado do béquer 1, transferiu-se seu conteúdo para um béquer de 600 mL quantitativamente. Após realizada sua total transferência, verteu-se 200mL da Água aquecida do béquer 2 para este e aguardou-se o aquecimento do mesmo por mais 3 mnutos.

3.2.4 –Do CuO para o CuSO4
Transferiu-se 15mL de H2SO4 6M da pipeta graduada para o béquer de béquer de 600mL anteriormente aquecido e permaneceu-se com a agitação através do bastão de vidro. Em seguida a solução foi levada para a Capela para a execução do próximo procedimento.

3.2.5 – Do CuSO4 para o Cobre
Pesou-se 2 g de Zinco granulado em um vidro de relógio e na capela adicionou-se
o metal...
tracking img