Ching

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1564 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FRANCIS D. K. CHING

ARQUITETURA
FORMA, ESPAÇO E ORDEM
PÓS-ARQ – 1°TRIM.: IDÉIA, MÉTODO E LINGUAGEM
PROF. RESPONSÁVEL: SONIA AFONSO

MESTRANDO: ARQ. LEANDRO S. LEITE

Ching, Francis D. K., 1943 –
Arquitetura, forma, espaço e ordem / Francis D. K. Ching; ( tradução
Alvamar Helena Lamparelli). – São Paulo : Martins Fontes, 1998.
Título original: Architeture, form, sapce & order.

4.ORGANIZAÇÃO

5. CIRCULAÇÃO

Organização da Forma e do Espaço
Relações Espaciais
Espaço dentro de um Espaço
Espaços Interseccionais
Espaços Adjacentes
Espaços Ligados por um Espaço Comum
Organizações Espaciais
Organizações Centralizadas
Organizações Lineares
Organizações Radiais
Organizações Aglomeradas
Organizações em Malha

Circulação: Movimento através do Espaço
Elementos deCirculação
Acesso
Entrada
Configuração da Via
Relações Via-Espaço
Forma do Espaço de Circulação

6. PROPORÇÃO E ESCALA

7. PRINCÍPIOS

Proporções dos Materiais
Proporções Estruturais
Proporções Industriais
Sistemas de Proporcionalidade
Secção Áurea
Linhas Reguladoras
Ordens Clássicas
Teorias Renascentistas
Modulor
Ken
Antropometria
Escala
Escala Visual
Escala HumanaPrincípios de Ordem
Eixo
Simetria
Hierarquia
Dado
Ritmo
Repetição
transformação
Conclusão
Bibliografia
Glossário
Índice.

4. ORGANIZAÇÃO DA FORMA E DO ESPAÇO

ESPAÇO DENTRO
DE UM ESPAÇO

ESPAÇO
INTERSECCIONAIS

ESPAÇO
ADJACENTES

ESPAÇO LIGADOS POR
UM ESPAÇO CUMUM

ESPAÇO DENTRO
DE UM ESPAÇO

ESPAÇOS
INTERSECCIONAIS

ESPAÇOS LIGADOS POR
UM ESPAÇO COMUM

FIG 03ESPAÇOS
ADJACENTES

FIG 05

FIG 01

FIG 02

FIG 04

4. ORGANIZAÇÕES ESPACIAIS
Organização Centralizada
Um espaço dominante ao redor do qual uma série de espaços
secundários é agrupada.

Organização Linear
Uma seqüência linear de espaços repetitivos.

Organização Radial
Um espaço central a partir do qual organizações lineares de
espaço se estendem de maneira radial.

OrganizaçãoAglomerada
Espaços agrupados pela proximidade ou pelo fato de
compartilharem uma característica ou relação visual.

Organização em Malha
Espaços organizados dentro do campo de uma malha
estrutural ou outra moldura tridimensional

FIG 06
CENTRALIZADA

LINEAR

FIG 08

FIG 07
LINEAR

FIG 09

RADIAL

FIG 10
AGLOMERADAS

FIG 11
EM MALHA

5. CIRCULAÇÃO
ACESSO
A vistaDistante

ENTRADA
De fora para Dentro

CONFIGURAÇÃO DA VIA
A Seqüência de Espaços

RELAÇÕES VIA-ESPAÇO
Bordas, Pontos Centrais e Terminações da Via

FORMA DO ESPAÇO DE CIRCULAÇÃO
Corredores, Salões, Galerias, Escadas e Salas.
FIG 12

ACESSO

ENTRADA

FRONTAL

OBLÍQUO

ESPIRAL

FIG 13

FIG 14

FIG 15

FORMA DO ESPAÇO DE CIRCULAÇÃO

FECHADO

ABERTO EM
UM DOS
LADOSABERTO EM
AMBOS AO
LADOS

FIG 16

Museu do
Crescimento
ilimitando
(Projeto) Philippeville,
Argélia, 1939,
Le Corbusier.
FIG 18

Passar pelos
Espaços

Passar
através dos
Espaços
1. LINEAR
2. RADIAL
3. ESPIRAL
4. MALHA
5. REDE
6. COMPOSTA

FIG 17

Terminar em
um Espaço
FIG 19

6. PROPORÇÃO E ESCALA

PROPORÇÕES DOS MATERIAIS
Todos os materiais tem propriedadesdistintas de
elasticidade, rigidez e durabilidade, bem como proporções
racionais.

PROPORÇÕES ESTRUTURAIS
O tamanho e a proporção desses elementos estão diretamente relacionados às
funções estruturais que desempenham e podem, portanto, constituir indicadores visuais do
tamanho e da escala dos espaços que ajudam a delimitar.

PROPORÇÕES INDUSTRIAIS
Materiais produzidos em massa, têmtamanhos e proporções padrão que lhes
são impostos pelos fabricantes individuais ou pelos padrões industriais, os quais afetam o
tamanho, a proporção e o espaçamento de outros materiais.

FIG 20

PROPORÇÕES ESTRUTURAIS

FIG 21
PARTENON - ATENAS, 447 -432 ac ,
inctino e calícrates

FIG 23

PROPORÇÕES INDUSTRIAIS

FIG 22
VILLA FOSCARI, Malcontenta, Itália,
1558, Andrea Palladio....
tracking img