China o crescimento economico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1413 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
China-Impactos do crescimento da china no cenário econômico.

A China é um país de economia planificada, isto é, controlada pelo estado segundo os princípios socialistas. Com a morte do presidente Mao Zedong (Mao Tsé-tung), a economia passou por um processo de modernização e liberalização, visando mais eficiência e melhor aproveitamento dos recursos.

Organização econômica:
O novo regimeinstaurado em 1949 procurou transformar a sociedade e a economia com a socialização dos bens básicos: a terra, a indústria e as fontes de energia. Eliminada a propriedade privada dos meios de produção, o objetivo seguinte foi o desenvolvimento produtivo e a industrialização, contando apenas com os recursos internos. Isso se realizou com a planificação da economia em médio prazo e com os planosqüinqüenais.
Contudo, a partir de 1978, pouco depois da morte de Mao Zedong, a política econômica tomou novo rumo, cujo objetivo prioritário era modernizar o país. Deixou-se de lado o mito da auto-suficiência econômica e intensificaram-se as trocas comerciais com o Japão, a Europa e os Estados Unidos. Além disso, houve mudanças no sistema de gestão industrial e o sistema de comunas camponesas foicomplementado com a criação de pequenos lotes privados.

[pic]

Agricultura, pecuária e pesca. Os chineses têm praticado a agricultura no mínimo há três milênios. Depois da revolução, o governo procurou aumentar a produção agrícola para atender as necessidades da população sem recorrer às importações. A exploração do campo foi organizada em comunas, cujo tamanho e riqueza variavam de acordo com aregião. No fim do século XX, dois terços da população se dedicavam às atividades primárias da economia.

A necessidade de aumentar a produção exigia maior rendimento das áreas cultivadas, cujos solos estavam depauperados após séculos de utilização intensiva. Com essa finalidade, já na década de 1960 a terra passou a ser adubada com fertilizantes químicos e o curso dos rios foi alterado; as secaspassaram a ter menos impacto e construíram-se canais, barragens e muros de contenção para atenuar os efeitos das inundações.
A China apresenta grande variedade de regiões agrícolas. As terras mais férteis estão no sudeste e no centro do país. As regiões do norte e do oeste têm zonas de cultivo que se estendem pelos sopés dos maciços montanhosos.
As culturas mais importantes são as de cereais, deque a China é um dos maiores produtores do mundo. Destacam-se o arroz, no sudeste, e o trigo, o milho e a soja. Também são importantes as culturas de hortaliças (batata-doce e batata-inglesa) e de produtos de uso industrial como o algodão. Cultivam-se ainda plantas tropicais como o amendoim, o chá e a cana-de-açúcar.
A importância da pecuária é relativa, pois quase toda a terra disponível édedicada à agricultura. As criações mais importantes são as domésticas (patos e porcos), em que a China ocupa um dos primeiros lugares. O gado bovino (búfalos) e o eqüino são utilizados para tração nas atividades agrícolas. A criação extensiva ou nômade (ovelhas e cavalos) ocorre nas regiões que não comportam agricultura: a oeste de Xinjiang, na Mongólia Interior ou no Tibet.

O peixe tem lugar dedestaque na alimentação dos chineses:
A pesca fluvial é muito importante, praticada nos rios, canais, arrozais, lagos e até nos charcos e zonas pantanosas. A pesca costeira se faz com embarcações artesanais (barcos a vela e a remo), enquanto as embarcações motorizadas são reservadas quase exclusivamente à pesca em alto-mar. A China é um dos primeiros países em volume de pesca.

Mineração eenergia: São enormes os recursos do subsolo chinês, mas as grandes distâncias, o relevo acidentado e as vias de comunicação insuficientes limitam as possibilidades de seu aproveitamento.
A China possui uma das maiores reservas de carvão do planeta. As jazidas mais ricas encontram-se no norte, na bacia de Shanxi e no oeste de Shandong. No sul da China, há pequenas explorações que alimentam a...
tracking img