Celulas-tronco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3942 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário

Introdução
Princípios básicos das células-tronco
Células-tronco Totipotentes
Células-tronco Pluripotentes
Células-tronco de Pluripotência Induzida (iPS)
Células-tronco Multipotentes
Células-tronco para pesquisa
Copiando células-tronco em um laboratório
Com andam as pesquisas das células-tronco
Usando células-tronco para tratar doenças
A controvérsia das células-tronco
Apesquisa de células-tronco no Brasil
A pesquisa de células-tronco no mundo
Conclusão

Introdução
Dentro de um embrião que tem aproximadamente o tamanho do ponto final desta frase, há dezenas de células-tronco. Células-tronco são pluripotentes, o que significa que elas podem se desenvolver em cada célula, cada tecido e cada órgão no corpo humano.
Seu potencial quase ilimitado fez dascélulas-tronco um foco significativo nas pesquisas médicas. Imagine ter a habilidade de devolver a memória a um paciente com Alzheimer (em inglês), repor pele perdida durante um terrível acidente ou habilitar uma pessoa em cadeira de rodas a andar novamente. Mas antes dos cientistas poderem usar células-tronco para fins médicos, eles devem primeiro aprender como utilizar seu poder. Eles não podem tratar umadoença até que aprendam como manipular células-tronco para desenvolvê-las nos tecidos ou órgãos específicos.
Neste artigo, veremos as células-tronco, descobriremos como elas funcionam, veremos seu potencial para tratar doenças e entraremos nos bancos de dados que cercam suas pesquisas e usos.

Princípios básicos das células-tronco
Uma célula-tronco é essencialmente o bloco de construção do corpohumano. As células-tronco dentro de um embrião eventualmente crescerão em cada célula, órgão e tecido no corpo do feto. Diferente de uma célula regular, que pode apenas se replicar para criar mais de seu próprio tipo de célula, uma célula-tronco é pluripotente. Quando se divide, ela pode formar qualquer uma das 220 diferentes células no corpo humano. As células-tronco têm também a capacidadede auto-renovação - elas podem se reproduzir muitas vezes.
Há dois tipos de células-tronco: células-tronco embrionárias e células-tronco adultas. Células-tronco embrionárias vêm de um embrião - a massa de células na primeira fase no desenvolvimento humano que, se implantada no útero feminino, eventualmente desenvolverá um feto. Quando o embrião está entre o terceiro e o quinto dia de idade, ele contémcélulas-tronco, que estão trabalhando para criar os vários órgãos e tecidos que formarão o feto.
Os adultos também têm células-tronco no coração, cérebro, medula óssea,pulmões e outros órgãos. Eles são nossos kits de reparos embutidos, regenerando células danificadas por doenças, ferimentos e desgaste diário. As células-tronco adultas já foram vistas como sendo mais limitadas, apenasdesenvolvendo os mesmos tecidos de onde se originavam. Mas novas pesquisas sugerem que células-tronco adultas podem ter o potencial de gerar outros tipos de células, também. Por exemplo, células hepáticas podem ser atraídas a produzir insulina, que é normalmente produzida no pâncreas. Esta capacidade é conhecida como plasticidade ou transdiferenciação.

Células-tronco TotipotentesCélulas-tronco totipotentes são o único tipo capaz de originar um organismo completo, uma vez que têm acapacidade de gerar todos os tipos de células e tecidos do corpo, incluindo tecidos embrionários e extra embrionários (como a placenta, por exemplo). Os únicos exemplos de células-tronco totipotentes são o óvulo fecundado (zigoto) e as primeiras células provenientes do zigoto, até a fase de 16 células da mórula inicial(um estágio bem precoce do desenvolvimento embrionário, antes do estágio de blastocisto) - Figura 1.
Figura 1: Zigoto e Mórula - Células-tronco totipotentes. Blastocisto - Células-tronco embrionárias (pluripotentes).

Células-tronco Pluripotentes

As células-tronco pluripotentes têm a capacidade de gerar células dos três folhetos embrionários (tecidos primordiais do estágio inicial do...
tracking img