Celular-reciclagem da prata

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1132 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade de Brasília
Faculdade UnB Gama
Engenharia e Ambiente

Métodos de reciclagem de resíduos de celulares para a recuperação do elemento prata

Ana Paula Albuquerque 12/0026082
Gabriel Libório 12/0050951
Laís Lilian Ramos 12/0052105
Laís Nery 12/0034956
Maria Luiza Tupy12/0052890
Raphael Fernandes 12/0045729
Thaís Oliveira 12/0042592

Vitoria Ferrari

Brasília
Julho de 2012
Apresentação
Resumo
Índice
Introdução
A indústria eletrônica tem uma grande relevância na produção das tecnologias de informação e comunicação (TIC) indispensáveis para o exercício da maioria das atividades na sociedade moderna. Quase 68% do consumo deeletrônicos são insumos para os bens de equipamentos de informática, telecomunicações, de uso pessoal e de entretenimento eletrônico (BAMPI, 2008- 2009).
A indústria de TIC teve um crescimento anual acima das taxas de crescimento das indústrias químicas e siderúrgicas, se igualando com a produção de 6% a.a. farmacêutica e aeroespacial ficando abaixo do setor energético, o cenário no ano de 2008 a 2009 nãocondizia com as taxas dos anos anteriores devido à crise econômica mundial: a queda da produção de eletrônicos nesse ano foi de 5,6% com relação ao ano anterior, tendo uma recuperação expressiva somente em 2011 (decision, 1996 – 2011).
Em todo esse universo eletrônico a China em 2005, atingiu a liderança na produção mundial de eletrônicos ultrapassando os EUA que teve US$ 173.609 ( ReedElectronics Research, Yearbook of World Electronic). De 2001 a 2008 a exportação de bens desse setor evolui aproximadamente 90%, sendo dependente de somente um tipo de produto montado no Brasil (os aparelhos moveis celulares) atendendo o mercado brasileiro e global (BAMPI, 2008 - 2009). Esse produto ajudou o Brasil a ficar na decima posição dos produtores de eletrônicos, produzindo cerca de 2% a 2,3% daprodução mundial (OECDE, 2008). Devido a esta crescente demanda de tecnologia no mercado eletrônico, juntamente com o alto consumismo, causa no mundo um aumento na taxa de descarte desses produtos.
Os Resíduos Eletro Eletrônico (REEs) já atingem a marca de lixo com um alto crescimento mundial, chegando a ser produzido 40 milhões de toneladas por ano. Desses 40 milhões 400 mil são do elementoprata. Como exemplo de lixo eletrônico, um celular torna-se obsoleto em uma média de dois anos. Para o ano de 2012 espera-se que sejam descartados 1,6 bilhão de celulares, quantidade que foi vendida mundialmente em 2010. No ano de 2012, nas vendas do primeiro trimestre houve uma queda de 2%, comparado ao de 2011. (Instituto Gartner, 2012)
Na composição do celular, cerca de 60% são metais, sendo 0,05%da placa de circuito composto pela prata, utilizadas em condutores, interruptores, soldas, contatos e capacitores de cerâmica multicamada. A sua proporção pode variar de acordo com o modelo de cada equipamento. A tecnologia também influencia na composição, pois os aparelhos mais antigos continham soldas de liga de estanho e chumbo, enquanto atualmente observa-se a tendência de substituir estaliga por estanho, prata e bismuto, sendo estas ausentadas de chumbo (ICP-OES,2003)
A produção mundial da prata está concentrada na América, sendo o México o maior produtor mundial (4332,29 Toneladas), seguido pelo Peru (3113,13 Toneladas) e pela China (294585 Toneladas). O que demonstra a maior extração de prata nas antigas colônias, onde a exploração foi intensificada e havia mais abundância.(Silver institute, 2012)
Como já foi mostrado acima, o descarte desordenado e irregular dos eletrônicos e, consequentemente dos seus elementos, incluindo a prata, causam impactos no meio ambiente e a saúde pública levando a um efeito destrutivo: poluição do ar, da água e do solo. Para avaliar a toxidade dos metais, existe um teste feito pela Code of Federal Regulation (CFR) que avalia o nível de...
tracking img