Ccna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1915 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CCNA 1
CCNA
Conceitos Básicos de Redes

Módulo 8
Ethernet Switching

Comutação Ethernet

2

Segmentação de Redes
Numa Ethernet o meio de transmissão é compartilhado
Só um nó pode transmitir de cada vez.
O aumento do número de nós aumenta a procura
sobre a largura de banda disponível.
Aumenta a probabilidade de ocorrência de
colisões.
Solução:
Dividir a rede em domínios decolisão separados com
o recurso a Bridges.
Uma bridge mantém uma tabela de endereços
MAC e as portas a eles associadas.
A bridge encaminha ou descarta as tramas com
base nas entradas da tabela.
3

Funcionamento de uma Bridge
Quando a bridge é inicializada, a sua tabela de endereços MAC
encontra-se vazia.
A bridge fica à espera de tráfego nas suas portas.

4

Funcionamento de uma BridgeO host A efectua um ping ao host B.
Como a bridge, o host A e o host B se encontram no mesmo domínio de
colisão, todos recebem a trama.
A bridge fica a saber que o host A se encontra no segmento da rede
ligado à porta 1.
Obtém essa informação através do endereço MAC de origem que se
encontra na trama recebida.
A informação é colocada na tabela de endereços MAC.
O endereço MAC de destinoda trama é comparado com os que se
encontram na tabela.
Se o endereço se encontra na tabela, a trama é enviada para o
segmento respectivo a partir do número da porta indicado na tabela.
Em caso contrário, a trama é transmitida para todas as portas da
bridge com excepção por aquela por onde foi recebida a trama.
No nosso exemplo, como a tabela se encontra vazia, a trama é enviada
para osegmento ligado à porta 2.
5

Funcionamento de uma Bridge

6

Funcionamento de uma Bridge
O host B processa o ping e envia uma resposta para o host A.
A trama é transmitida através de todo o domínio de colisão.
Tanto o host A como a bridge recebem a trama e a
processam.
A bridge acrescenta o endereço MAC de origem da trama à sua
tabela de endereços MAC.
Como o endereço de origem não seencontra na tabela da bridge
e como foi recebido na porta 1, o endereço de origem da trama é
associado à porta 1 na tabela.

O endereço de destino da trama é comparado com a tabela de
endereços MAC da bridge.
Como o endereço está na tabela, a designação da porta é
verificada.
O endereço MAC do host A está associado à porta pela qual a
trama entrou, de modo que a trama não é encaminhada.7

Funcionamento de uma Bridge

8

Funcionamento de uma Bridge
O host A agora vai fazer ping ao Host C.
Como se encontram no mesmo domínio de colisão, tanto a
bridge como o Host B recebem a trama.
O host B descarta a trama por não ser o seu destinatário.
A bridge acrescenta o endereço MAC de origem da trama à sua tabela
de endereços MAC.
Como o endereço MAC do host A já se encontravana tabela, a
entrada é apenas renovada.
O endereço MAC de destino da trama é comparado com a tabela de
endereços MAC da bridge.
Como o endereço não consta da tabela, a trama é encaminhada para
o outro segmento.
O endereço do Host C ainda não foi registado porque somente o
endereço de origem de uma trama é registado

9

Funcionamento de uma Bridge
O host C processa o ping e envia umaresposta para o host A.
A trama é transmitida através de todo o domínio de colisão.
Tanto o host D como a bridge recebem a trama e a
processam.
A bridge acrescenta o endereço MAC de origem da
trama à sua tabela de endereços MAC.
Como o endereço de origem não se encontra na tabela da
bridge e como foi recebido na porta 2, o endereço de
origem da trama é associado à porta 2 na tabela.
Oendereço MAC de destino da trama é comparado com a
tabela de endereços MAC da bridge.
O endereço consta da tabela mas está associado à porta 1.
A trama é encaminhada para o segmento ligado à porta 1.

10

Funcionamento de uma Bridge

11

Funcionamento de uma Bridge
Quando o host D transmite tramas, o seu endereço MAC
também é registado na tabela de endereços MAC da bridge.

12...
tracking img