Caso concreto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1191 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Plano de Aula: 2 - A Origem do Brasil Português e o Direito na Colônia
HISTÓRIA DO DIREITO BRASILEIRO
Título
2 - A Origem do Brasil Português e o Direito na Colônia
Número de Aulas por Semana
1
Número de Semana de Aula
2
Tema
A Origem do Brasil Português e o Direito na Colônia
Objetivos
O aluno deverá ser capaz, ao final da semana 2, de:
• Correlacionar o processo das GrandesNavegações e da expansão marítima portuguesa à “descoberta” do Brasil;
• Relacionar os fatos mais significativos ocorridos no período anterior à crise do sistema colonial em meados do Século XVIII com as perspectivas sociopolítica, econômica e mental do período;
• Analisar os aspectos mais relevantes do direito e da estrutura judicial aplicados no Brasil Colônia, apontando suainfluência na formação do pensamento e de instituições jurídicas do Brasil como Estado independente, com enfoque nas ordenações portuguesas, Forais, Alvarás e Cartas Régias.
Estrutura do Conteúdo
“Descoberta" do Brasil no âmbito das Grandes Navegações e da expansão marítima portuguesa. Este ponto tem por propósito avaliar o simbólico ato de posse, em 1500, pelos portugueses, do que viria a ser,futuramente, chamado de Brasil, quando aportam na Bahia, em uma terra que, desde a formalização do Tratado de Tordesilhas, já era portuguesa. Neste contexto, vale a pena relembrar ao aluno o que representaram as Grandes Navegações e, em particular, o fenômeno da expansão marítima portuguesa, para a história do mundo ocidental.

Relação entre os fatos mais significativos ocorridos no Brasilno período anterior à crise do sistema colonial em meados do Século XVIII e as características sociopolítica, econômica e mental do período. O interesse deste ponto é situar, ainda que de forma sintética, o contexto sociopolítico, mental e econômico, a partir do descobrimento, até as últimas décadas do Século XVIII - quando se inicia a crise do sistema colonial -, a fim de que possa oeducando compreender as bases nas quais se construirá o arcabouço jurídico que vigerá na Colônia durante o período, enfatizando o papel do Brasil em relação a Portugal, no âmbito do chamado Pacto Colonial.

Análise dos aspectos mais relevantes do direito e da estrutura judicial, aplicados no Brasil Colônia, apontando sua influência na formação do pensamento e instituições jurídicas do Brasil comoEstado independente, com enfoque nas Ordenações Portuguesas, Forais, Alvarás e Cartas Régias. Trata-se de abordar, sinteticamente, a estrutura do aparato judicial montado pela metrópole, enfatizando a importância desta na distribuição de poder. Cientes de que o aluno ainda não possui conhecimento acerca da estrutura jurídica vigente, é interessante, neste momento, pontuar semelhanças ediferenças entre as estruturas coloniais e a atual, de forma que possa o educando perceber as permanências e rupturas institucionais nesta área da organização estatal. Também se fará importante tratar das características das ordenações, e também dos forais, dos alvarás e das Cartas Régias como base do direito aplicado na Colônia no período.

Bibliografia:
ANGELOZZI, Gilberto. História doDireito no Brasil. Rio de Janeiro: Freitas Bastos,2009. Capítulos 2 e 3.

Outras indicações (lembrar aos alunos que, eventualmente, as obras abaixo não estarão disponíveis na biblioteca):
CASTRO, Flávia Lages. História do Direito Geral e Brasil. 6.ed. Rio de Janeiro: Lumen Iuris, 2008. Capítulo XIII.
PEDROSA, Ronaldo Leite. Direito em História. 6. ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris. 2008.(Capítulo X – p. 307 a 327)
LINHARES, Maria Yedda (org). História Geral do Brasil. 9.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 1990. Capítulo I.
FAUSTO, Boris. História do Brasil. 13.ed. São Paulo: EDUSP, 2008. Capítulos 1 e 2.
Aplicação Prática Teórica
No início da aula da semana 2, devem ser apresentados os seguintes exercícios:
Caso da Aula 2
Leia a notícia a seguir (adaptada de texto disponível em:...
tracking img