Caps- caps-i- caps-ad

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1329 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
A sucessão de conceito e pré-conceitos acerca dos transtornos psiquiátricos confere estado diverso ao tratamento oferecido à pessoa com tais transtornos. As práticas terapêuticas exercidas ao longo da história estão calcadas em concepções de homem solidamente estabelecidas e culturalmente compartilhadas em âmbito social. Discutir a doença mental, diferentemente de discutir qualqueroutra enfermidade, leva, obrigatoriamente, a trilhar os caminhos das concepções vigentes em cada período histórico.
A cultura, uma vez que é parte integrante do cotidiano dos der humano durante todo o processo de vida, possibilita a relação e a comunicação entre homens, sejam do mesmo contexto ou de contextos diferentes, pois ela de transforma e é absorvida por outros grupos.
A busca dacompreensão sobre os aspectos da dinâmica da sociedade e da cultura possibilita o entendimento dos fatores que interferem no desenvolvimento do ser humano tanto sua relação com a realidade como sua consciência sobre ela. Todo fenômeno tem a sua historia caracterizada por mudanças qualitativas e quantitativas e a inter-relação de um sistema de signos, produzidos culturalmente, provoca transformações naconsciência do ser humano sobre a realidade. Dessa maneira, ele assimila os valores culturais de seu ambiente e, ao mesmo tempo, desenvolve consciência crítica sobre os mesmos, tornando-se capaz de transformar-se para atender às novas exigências de seu contexto social.
A sociedade constituiu, ao longo dos tempos, uma lógica simbólica para a loucura e para todas as instituições criadas para o seucontrole. É por meio dessa rede simbólica que a sociedade inventa e reinventa suas relações, sanciona ou afronta proposições de mudança, elabora ou rejeita diferentes formas da vida social. Certamente, esses processos não são realizados dentro de uma liberdade limitada na sociedade, nem têm qualquer caráter neutro. Nesse contexto, pode-se dizer que todo simbolismo não se constrói por si, mas a partirde outros simbolismos que o precedem.
O ser humano introjeta, representa para si suas experiências e ao dos outros, dá um sentido a elas e partilha-o com outros, mas está sempre relacionando-as a algo que as precede. Nesse sentido, a instituição é anterior ao indivíduo e a sua descoberta por ele se faz pela apresentação da lei e pela introdução da linguagem articulada. A instituição inscreve osseres humanos em seus laços e seus discursos, fazendo com que estruturem as relações que sustentam sua identidade. Há sempre uma historia anterior a nossa, regida por leis e costumes, ou seja, pelo que comumente chama-se de cultura.
As pessoas se agrupam e se ordenam conforme as normas consideradas por elas universais e no questionamento constante delas.
Destaca-se a importância do grupo, pois épor meio dele que os indivíduos se unem e discutem modos de enfrentar suas dificuldades.
A maneira como o mundo externo reflete no interno aponta para um processo dialético em que o indivíduo transforme e é transformado pela realidade física e cultural em que se encontra. Entende-se então que a cultura tem um profundo efeito no curso e no entendimento da doença mental.
Dessa maneira, deve-sebuscar compreender, sobretudo, alguns aspectos que envolvem o modo como a “loucura” é percebida através dos tempos, através da evolução do seu conceito e pelas significações diversas que a caracterizaram em cada período histórico e de acordo com a cultura – força sobrenatural, manifestações dos deuses, magia, doença e sofrimento psíquico.
A problemática da “loucura”, das formas de intervenção e decuidados dispensados à pessoa com distúrbio psíquico está ancorada na historia diacrônica e sincrônica das sociedades, com seus mitos, suas representações e sua organização material. É nessa historia que se encontram os significados para as tentativas de mudanças ou para a manutenção de normas, para o engajamento transformador ou para a alienação dos diversos atores envolvidos na assistência e...
tracking img