Capital intelectual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3874 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de Ouro Preto – João Monlevade

Instituto de ciências Exatas e Aplicada

Gerência de Recursos Humanos

Gestão do Capital Intelectual e Humano

Davi Álvares Carvalho
Geraldo Cesar de Figueiredo
Luis Eugênio Figueredo

João Monlevade – Março de 2013

SUMÁRIO

CAPÍTULO 1 – INTRODUÇÃO 3
1.1 Contextualizações do tema 3
1.2 Objetivos gerais e específicos4
CAPÍTULO 2 – REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 5
2.1 A sociedade do conhecimento 5
2.2 O conceito de Capital Intelectual 6
2.3 Classificação do Capital Intelectual 7
2.4 Fatores que geram o Capital Intelectual 9
2.5 A mensuração do Capital Intelectual 10
2.5.1 Razão de valor de mercado / valor contábil 11
2.5.2 ‘Q’ de Tobin 11
2.5.3 Navegador do Capital Intelectual 12
CAPÍTULO 3– CONCLUSÕES 16
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 17


1. INTRODUÇÃO

2.1. Contextualização do tema

Durante muitos anos o capital financeiro foi considerado o principal fato de competitividade e diferenciação entre as grandes organizações. Empresas com mais recursos financeiros estariam mais propensas a sobreviverem no mercado ao longo prazo. A competição entre empresas eracentrada em seus ativos tangíveis. Aquelas que possuíssem os melhores equipamentos, instalações, veículos, computadores, tecnologias, estariam em mais condições de superarem os concorrentes. Porém nas últimas décadas de acordo com Lima (2010) em decorrência das rápidas transformações tecnológicas, econômicas, sociais e políticas vivenciadas nas últimas décadas, surge a necessidade por parte dascompanhias em mensurar os seus ativos intangíveis.

Conforme Paulo (2000) a vantagem competitiva, que anteriormente era baseada em fatores materiais como estoques e custos de produção, passou a ser definida não somente na administração dos ativos tangíveis mas também na identificação e avaliação dos fatores intangíveis tais como marca, satisfação de cliente, recursos humanos, conhecimento, dentreoutros.
Verifica-se que desde a década de 60 vivenciamos um período de gradativas mudanças na economia mundial, que vem sendo apontado por muitos autores estudiosos do assunto, como um período de transação de uma Sociedade Industrial para uma Sociedade do Conhecimento, pois aos demais recursos existentes, e até então valorizados e utilizados na produção – terra, capital e trabalho, junta-se oconhecimento, alterando principalmente, a estrutura econômica das nações e, sobretudo, a forma de valorizar o ser humano, pois este só detêm o recurso do conhecimento. (ANTUES, 2000, p. 2).

Segundo Antunes (2000) a aplicação do conhecimento nas organizações tem gerado impactos no valor das mesmas, visto que a materialização da aplicação deste recurso, mais as tecnologias disponíveis e empregadaspara atuar num ambiente globalizado, produzem benefícios intangíveis que agregam valor às mesmas. Então a este conjunto de benefícios intangíveis denominou-se Capital Intelectual, que conduz à necessidade de aplicação de uma nova filosofia de administração e de novas formas de se avaliar o valor da empresa que contemple o recurso do conhecimento.

Stewart (1998) apud Antunes (2000)considera o conhecimento como um importante recurso organizacional ao afirmar que empresas como a Wal-Mart, Microsoft e Toyota não se tornaram grandes empresas por serem mais ricas do que a Sears, a IBM e a General Motors, e sim por possuírem algo mais valioso do que ativos físicos ou financeiros, ou seja, por possuírem Capital Intelectual.

Este trabalho irá enfatizar o Capital Intelectual emempresas e mostrar os conceitos relacionados a ele. Serão apresentadas algumas das classificações dadas a este tipo de capital, os fatores que contribuem para sua geração dentro das empresas, e algumas das metodologias de mensuração.

2.2. Objetivo Geral

O presente trabalho tem como objetivo geral o intuito de enriquecer o conhecimento acadêmico dos alunos da disciplina Recursos Humano...
tracking img