Cai o pano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3889 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PENSAMENTO NACIONAL

Cai o pano
Os presidentes de empresas no Brasil incorporaram
tanto o personagem corporativo que parecem ter
perdido a si mesmos, o que com freqüência se
converte em razão de sofrimento. É o que mostra este
artigo baseado em pesquisa realizada entre 2006 e
2007 pelos professores Mariá Giuliese e Léo Bruno,
da Fundação Dom Cabral
“Não existo.
Sou o intervalo
entre oque desejo
ser e os outros
me fizeram”
Álvaro de Campos
(heterônimo de
Fernando Pessoa)

uem são, de fato, os presidentes de empresas do Brasil? O que pensam e sentem aqueles
que alcançaram o degrau mais alto da carreira, modelo e inspiração de todos os gestores
e leitores de revistas de management? Já conhecemos e acompanhamos muitos desses indivíduos no palco dos negócios, mas o queserá que lhes acontece quando
descem as cortinas e eles ficam sós?
A pesquisa Contexto dos Presidentes, que realizei em conjunto com o professor Léo Bruno para o Centro de Tecnologia Empresarial da Fundação
Dom Cabral (CTE-FDC), veio responder a essas perguntas. Investigamos
dirigentes de 40 das 500 maiores e melhores empresas do País de acordo com a revista
Exame, buscando um escopo deinformações suficientemente abrangente para construir
seu verdadeiro perfil. Em vez de nos limitarmos a rastrear e mapear as práticas que dizem
adotar na condução dos negócios, analisamos aspectos do indivíduo, tais como crenças,
valores e modo de agir no que tange a trabalho, carreira, família, participação na sociedade e visão de mundo. Para tanto, mesclamos questionários auto-aplicados e entrevistaspessoais; realizamos ampla análise da literatura técnica na área de negócios e da exposição
desses executivos na mídia impressa.
O alto preço que o sucesso lhes cobra foi o principal resultado: o sedentarismo apareceu
no topo da lista dos efeitos mais nefastos de sua ascensão profissional sobre a vida pessoal
(70% dos entrevistados o admitiram), seguido do adiamento dos projetos particulares(54%), outro grande motivo de frustração. Dificuldades de relacionamento familiar e
comprometimento da saúde derivado de distúrbios do sono e instabilidade emocional
também surgiram de modo expressivo. A declaração de um dos entrevistados sintetiza
as expectativas desses CEOs: “Presidente tem a morte anunciada. Sabe que vai morrer,
que o preço é alto e a pressão intensa. Em alguns casos,mesmo antes de começar, já sabe
quando e como morrerá, resta só definir quanto receberá por isso”. E o que está por trás
do fenômeno? Apenas excesso de trabalho e de cobrança? Acredito que não.

Q

Personagem corPorativo x eu
A verdadeira origem do problema é que muitos presidentes de empresas localizadas no
Brasil incorporaram seus personagens. Evidência disso é que, na etapa dosquestionários
auto-aplicados, a maior parte dos entrevistados (80%) limitou-se a fornecer respostas ideais,
em consonância com as principais linhas teóricas de gestão de negócios e de pessoas e,
sobretudo, compatíveis com os preceitos do mercado e das organizações que esses exeHSM Management 66 janeiro-fevereiro 2008

cutivos dirigem –respostas “by the book”. A performance continuou no início dasentrevistas
pessoais, quando os presidentes pareciam estar falando em teses gerenciais, não nas práticas
reais do dia-a-dia. Abordavam assuntos da moda, como inovação, responsabilidade social,
transparência, gestão por projetos e processos, foco nas pessoas e comprometimento, e
alguns chegaram a expressar o desejo de serem os “melhores entrevistados”, como se
estivessem em uma competição.
Algoacontecia, no entanto, à medida que as conversas evoluíam; os personagens
davam vez às personalidades –não em todos os casos, naturalmente, mas em proporção
sintomática. Se se tratasse da investigação de um crime por um detetive de literatura
policial, dir-se-ia que a principal pista surgiu da incoerência entre duas respostas específicas. Cinqüenta e cinco por cento deles afirmaram que suas...
tracking img