Caeiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (282 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FERNANDO PESSOA _ÊNFASE PARA ALBERTO CAEIRO
ENTENDENDO MELHOR ALBERTO CAEIRO
INTRODUÇÃO
Fernando Pessoa o autor multifacetado. O poeta diverso no seu mundo. Nestetrabalho, mostraremos um pouco desse genial poeta português com ênfase para um dos seus mais ilustres heterônimos, o mestre de todos os outros: Alberto Caeiro. Mostraremosalguns tópicos sobre a riqueza heteronímica de sua obra e o legado que a mesma deixou no universo literário. Mostrando através de Caeiro digamos assim uma visão oculta dePessoa, visão essa sensacionalista, objetiva, antimetafísica e panteísta. Como é apresentado no seguinte verso de Caeiro:
“Eu não tenho filosofia: tenho sentidos
Se falona natureza não é porque saiba o que ela é.
Mas porque a amo, amo-a por isso,
Porque quem ama não sabe o que ama
“Nem por que ama, nem o que é amar...”
(AlbertoCaeiro, fragmento de “O guardador de rebanhos”).
Falar sobre o gênio Fernando Pessoa é um enorme desafio, mas vamos a ele!
Nasceu em 13 de junho de 1888. Fernando NogueiraPessoa – filho de Joaquim de Seabra Pessoa, funcionário do ministério da justiça e crítico musical, e da açoriana Maria Madalena Pinheiro Nogueira é considerado um dosmaiores poetas da língua portuguesa .
A sua primeira infância foi marcada pelo precoce falecimento de seu pai, que morre tuberculoso aos 47 anos, em 1893. Sua mãe sentiu-sedesamparada, pois já tinha dois filhos pequenos, tivera o terceiro Jorge. Passaram por dificuldades financeiras e para piorar a situação morre o seu filho Jorge com seisanos de idade. Nessa época Pessoa cria o seu primeiro heterônimo Chevalier de Pas. Sua mãe conhece João Miguel Rosa com quem se casará na África onde morava seu futuro esposo.
tracking img