Caca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4054 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
T3 - Lavra Subterrânea
Curso Técnico de Mineração

TOMO III
LAVRA SUBTERRÂNEA

Prof: Luciano Pena 

TOMO III

LAVRA SUBTERRÂNEA

Capítulo I

Métodos de Lavra Subterrânea

1. ABERTURAS SUBTERRÂNEAS

Aberturas com desenvolvimento linear

Poços: verticais, inclinados
Rampas: produção, exploratória
Galerias: Horizontais - túneis, cabeceiras, travessas
Inclinados ou verticais -Raises de ventilação, passagens de minério ou estéril, passagens de pessoal.

Aberturas com desenvolvimento em volume

Alargamentos ou realces - extração de minério
Câmaras para utilidades diversas - silos, salas de máquinas, oficinas...

2. PRINCÍPIOS DE LAVRA SUBTERRÂNEA

Abandono de Pilares: Estes métodos têm como reforço principal das encaixantes os pilares de rocha constituídos porminério ou estéril quando possível. Existem diversos tipos de pilares estruturais, os mais comuns são: Sill Pillar (Pilar de base), Crown Pillar (Pilar de teto) e Rib Pillar (Pilar lateral ou vertical).

Enchimento: Os métodos que utilizam deste princípio são porque possuem encaixantes de qualidade ruins e necessitam de um preenchimento das escavações das áreas de lavra (onde foi retirado ominério). Os principais tipos de enchimento são:

Back Fill: Enchimento hidráulico a base de rejeito deslamado da planta de beneficiamento. É introduzido na mina por tubulação e logo após drenado para adquirir a resistência necessária para suportar as encaixantes e movimentação de equipamento sobre ele.

Paste Fill: Enchimento hidráulico a base de rejeito da planta de beneficiamento com adição decimento Portland (comum). É introduzido na mina por tubulação e não necessita de desaguamento para adquirir a resistência necessária para suportar as encaixantes ou movimentação de equipamentos.

Desenho esquemático de acessos e atividades de uma mina subterrânea (Cortesia Atlas Copco)

Rock Fill: Enchimento a base de rocha estéril desmontada das frentes de desenvolvimento. Este tipo deenchimento é transportado para os locais de destino através de carregadeiras e ou caminhões, sendo basculado no local e logo após espalhado por equipamentos novamente.

Abatimento Controlado do Teto: Estes métodos aplicam o conceito de redistribuição das tensões. Necessitam de rochas com características específicas para sofrerem abatimento logo após a lavra. O abatimento do teto e das encaixantes atuacomo enchimento das cavidades subterrâneas fazendo o reforço das encaixantes. 

3. CLASSIFICAÇÃO DOS MÉTODOS DE LAVRA SUBTERRÂNEA

Alargamentos Auto-Suportantes (ou com suportes naturais):

Lavra por Recalque (Shrinkage Stoping);
Lavra por Subníveis (Sublevel Stoping);
Lavra por Câmaras e Pilares (Room and Pillar);

Alargamentos Suportados (ou com suportes artificiais):

Lavra por Cortee Enchimento (Cut and Fill); 
Lavra por Long Wall;

Alargamentos Abatidos:

Abatimento por Subníveis (Sublevel Caving);
Abatimento em Blocos (Block Caving);

4. ANÁLISE DOS MÉTODOS DE LAVRA

Roteiro geral para análise dos métodos de lavra subterrânea:

Características gerais;

Condições de aplicação; 

Tipos de depósito;

Mergulho do corpo;

Características geomecânicas:minério e encaixantes;

Forma do corpo;

Valor unitário;

Lavra e produção;

Arranjo geral das frentes de desmonte;

Equipamentos;

Produtividade;

Custo unitário;

Seletividade;

Diluição;

Recuperação

Segurança;

5. MÉTODOS DE LAVRA

5.1. LAVRA POR REALCE ABERTO (OPEN STOPING)

Características Gerais

Pertencente a categoria dos Alargamentos Auto-Suportantes.
Minériodesmontado é totalmente transportado.
Qualidade do minério depende da estabilidade do maciço.
Sempre deve ser mantida uma condição segura do teto, para execução das operações de perfuração e detonação.
Sempre haverá uma face livre para o desmonte.

Condições de aplicação do método

Tipos de depósito: Veios, camadas ou maciços.

Mergulho do corpo: Médio à forte, (deve permitir o...
tracking img