Brinquedoteca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2727 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA
CURSO DE TECNOLOGIAS EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
DISCIPLINA PROCESSOS GERENCIAIS





tayslaney












PLANO ESTRATÉGICO DE ATPS
BRINQUEDOTECA













RECIFE, 2012
RESUMO

Brinquedos não são só assunto de criança. Para entrar no mundo infantil é necessário agradar aos pequenosque sempre estão ansiosos por diversão. Neste sentido, este plano estratégico de cunho cultural surge da necessidade de criar um espaço de brinquedoteca na creche da comunidade ESPERANÇA DO AMANHÂ pelo PROJETO BRINCAR COM LETRAS.
O mercado competitivo tem tornado cada a vida das pessoas num verdadeiro corre-corre. As famílias sentem a necessidade de conciliar o trabalho com filhos e adaptar asrotinas do dia-dia, executando as suas tarefas, muitas vezes, tendo que levá-los juntos por falta de opção com quem deixá-los ou até mesmo por não dispor de um profissional em casa capacitada para suprir essa deficiência.
A creche da comunidade referida apresentava-se carente em proporcionar um maior conforto aos seus usuários, o que propiciou a iniciativa de criar um projeto de uma área derecreação, localizada em um local bastante favorável, para atender a demanda do público usuário da creche. Que tem como prioridade estimular o desenvolvimento da criança através dos usos de brinquedos, jogos e leitura.
A estratégia de marketing visa atingir um público que residente, ou que transitam próximos ao local, possuam uma faixa etária 01 a 12 anos, com pais com renda de aproximadamente 01salário mínimo.
O investimento inicial foi cotado em R$ 10.000,00, valor arrecadado mediante atividades culturais durante 05 anos no clube de associação de moradores da comunidade.












1 JUSTIFICATIVA PARA IMPLANTAÇÃO DE UMA BRINQUEDOTECA

A brincadeira é uma forma particular de comunicação, de prazer, de recreação, espaço onde as crianças podem agir por conta própria, tomardecisões, transgredir, dar novo sentido às coisas.
As brincadeiras espontâneas faz-de-conta são orientadas por regras que vão sendo estabelecidas e negociadas enquanto se brinca, seguindo o rumo da fantasia, pois para exercer um determinado papel social é necessário que a criança aja de acordo com o que se espera do exercício daquele papel. Dessa forma, faz uso de regras sociais, assumindodiscursos e posturas.
As brincadeiras espontâneas se caracterizam pela incerteza, pela ausência de consequências, pela decisão e iniciativa da criança, pelo espaço aberto de experimentação, no qual o adulto não pode orientar muito, pela experiência de cultura que produzem e reproduzem.
Os jogos estruturados e com regras, na medida em que as crianças crescem, vão sendo cada vez mais apreciados ecompreendidos. Com eles aprendem não apenas as regras, os objetivos e conteúdos do próprio jogo, mas também a se comunicar, a expressar e controlar sentimentos e emoções, a conviver, a esperar, a tomar decisões etc.
Cabe ao professor ou às crianças mais experientes inserir os iniciantes nos Jogos, explorar os suportes materiais e imateriais que dão sustentação a eles e acompanhar as jogadasiniciais, até entrarem propriamente no jogo.
As crianças não dispõem o tempo todo dos mesmos interesses, competências e condições. Brincam de acordo com o que são capazes de fazer, ampliando gradativamente não só a sua capacidade de entender e participar de jogos com regras cada vez mais complexas, corno sua expressão e a sua cultura lúdica.
A brincadeira infantil constitui-se numa atividade em queas crianças sozinhas ou em grupo procuram compreender o mundo e as ações humanas, devendo ser concebida, no cotidiano de uma proposta educativa para as crianças pequenas, como inerente ao processo de construção de conhecimento, de comunicação, de trocas e de experiência de cultura.





2 PLANO ESTRATÉGICO

2.1 Viabilidade da implantação da brinquedoteca

Procurando investigar as...
tracking img