Brasil: revoltas anti-coloniais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1010 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BRASIL: REVOLTAS ANTI-COLONIAIS

LUTAR PELA INDEPENDÊNCIA

No final do século XVIII, a economia do Brasil estava em crise, as minas de ouro estavam se esgotando e os produtos agrícolas exportados pelo Brasil não compensavam o declínio da mineração, porque os preços internacionais da época estavam baixos. Portugal também atravessava um péssimo momento, pois havia muito tempo que o país tinhadeixado de ser uma potência da Europa e agora vivia uma crise econômica porque conseguia viver graças ao Brasil Colonial.

As riquezas retiradas do Brasil sustentavam o luxo da nobreza e as contas do estado. Só que no século XVIII o Brasil atravessava uma fase depressiva, então o governo português ampliou o controle sobre o Brasil criando novas taxações e começou a cobrar tributos atrasados. Oresultado não podia ser outro, a situação tornou-se insuportável para todas as classes sociais. Aproximava-se a hora da população reagir contra Portugal.

A colônia já era grande e sentia-se a necessidade de se tornar independente. Gente de quase todas as condições trocava idéias entre-se a respeito da independência do Brasil Colônia. Nas treze colônias inglesas a liberdade acaba de triunfar agora era avez do Brasil.

Não havia curso superior no Brasil, portanto quem quisesse fazer faculdade tinha que ir estudar na Europa (Coimbra, Portugal ou Paris, França). Um dia os estudantes voltariam ao Brasil e com eles as idéias revolucionárias dos filósofos iluministas. No Brasil não havia impressa, os livros precisavam ser importados da Europa, o problema é que o governo português barrava toda equalquer publicação que tivesse idéias revolucionárias. No entanto essas proibições não eram obedecidas e muitos livros acabaram nas mãos dos brasileiros que entravam escondidos e passavam de mãos em mãos, na maioria das vezes, entre a elite colonial, sem falar que era impossível barrar o que os estudantes brasileiros traziam na cabeça quando voltavam da Europa. Então dessa forma, as idéias iluministasde liberdade, de direito de os povos se rebelarem contra as injustiças, de ataques aos governos opressores acabaram entrando no Brasil.
Os brasileiros começaram a ter como exemplo a independência dos Estados Unidos e baseados nessa idéia alguns começaram a se reunir secretamente para debater a situação do Brasil Colônia e a sonhar com a criação de um país independente. Foi então que dois movimentosganharam uma força simbólica ao longo da história do Brasil Colônia: as rebeliões em Minas Gerais e na Bahia (1789 e 1798).

Portugal cobrava muitos impostos na área de mineração do Brasil e para piorar, a metrópole decidiu que a Colônia devia pagar, todos os anos, cem arrobas de ouro puro, o que equivalia a 1500kg por ano. Pagar esse imposto não era difícil quando a mineração estava no apogeu,mas no final do século XVIII, já não havia tanto ouro no Brasil e a Colônia não conseguia pagar o mínimo de cem arrobas anuais, ficando sempre uma diferença que ia se acumulando ano após ano.

A preocupação dos colonos era com a derrama (cobrança dos impostos atrasados). Todos temiam que os fiscais chegassem acompanhados de soldados na cidade invadindo as casas tomando tudo que houvesse de valor.As pessoas se sentiam sufocadas com os impostos cobrados e ameaças feitas por Portugal. Foi ai que as pessoas começaram a conspirar contra Portugal em Minas Gerais. Apavorados com dívidas impagáveis, começaram a se reunir em segredo: donos de terras e escravos, proprietários de minas e grandes rebanhos de gados, juízes, médicos, padres, coronéis, ou seja, grandes nomes da elite colonial. O únicoque não era da elite colonial chamava-se, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, que tinha origens humildes.

Com vários motivos para se revoltarem e a cabeça cheia de idéias iluministas e o coração repleto de admiração pela independência dos EUA, ousaram sonhar com um novo Brasil, independente de Portugal.

Partindo dessas idéias e exemplos, os inconfidentes de Minas fizeram vários projetos...
tracking img