Brasil colonia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5422 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Informações sobre o autor

Boris Fausto nasceu em 08 de dezembro de 1930 na cidade de São Paulo. Em 1953 graduou-se em Direito pela Faculdade do Largo de São Francisco da Universidade de São Paulo.
Em 1962 concluiu o curso de Direito na Universidade de São Paulo, em seguida passa a exercer o cargo de Consultor Jurídico da mesma até 1988.
No ano de 1966 entra para a área de Históriagraduando-se pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP.
Em 1967 faz um estudo pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo intitulado “Os anos vinte na Velha República”
Em 1968 realiza sua pós-graduação em Metodologia da História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, termina seu doutorado em História na mesma instituição com a seguinte proposição:“A Revolução de 1930 – Historiografia e História”.
Em 1970 edita o livro “A Revolução de 1930 – Historiografia e História” pela Editora Brasiliense, até hoje considerado um clássico das Ciências Sociais brasileiras. O livro discorda das versões que saem em defesa de São Paulo no período da Revolução de 1930 e da Revolução Constitucionalista de 1932.
Em 1971 participa do “Comitê de Assessoriapara Ciência Sociais” da Ford Founation até o ano de 1980.
Entre 1973 e 1974 realiza um estudo sobre a imigração e a classe operária brasileira, encomendado pelo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap).
Em 1975 torna-se Livre Docente na área de Ciência Política na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP defendendo a proposição “Trabalho urbano e conflito social naRepública oligárquica”.
Em 1976 lança o livro “Trabalho Urbano e Conflito Social” pela Difusão Européia do Livro; em 1977 ganha uma Bolsa da John Simon Guggenheim Memorial Foudation USA e realiza uma pesquisa intitulada “Society and politics in Brazil”; em 1978 elabora um estudo sobre a criminalidade no Brasil financiado pela Social Science Research Council, USA.
Em 1984 publica o livro “Crime equotidiano – A criminalidade em São Paulo 1880-1924 pela Editora Brasiliense; em 1994 lança um novo livro intitulado “História do Brasil” editado pela EDUSP; em 1997 edita o livro “Negócios e ócios – Histórias da imigração” lançado pela Companhia das Letras.
Em 1999 é agraciado com o prêmio “Annual América’s Award”, concedido pelo The Cime, Law and Deviance Section of the American SociologicalAssociation” (USA).
Em 2001 edita “História Concisa do Brasil” pela Editora da Universidade de São Paulo (EDUSP).


Tema
O Brasil Colonial : Das relações entre Estado e Igreja à Independência do Brasil.

Estrutura do trabalho

O Estado e a Igreja no Brasil Colônia ...pg 03
O Estado absolutista e o bem comum . ... pg 03
As divisões sociais ...pg 03
Cidade e Campo ... pg 04
Estado eSociedade ... pg 04
O açúcar... pg 04
O Engenho...pg 05
Ouro e Diamantes ...pg 05
A Coroa e o Controle das Minas...pg 06
A Administração Pombalin.... pg 06 e 07
A vinda da Família Real para o Brasil ...pg 08 , 09 e 10
A volta da família real a Lisboa ...pg 11
A Independência do Brasil ... pg 11 e 12
O Brasil no fim do período colonial ....pg 13


Fontes : História do Brasil(FAUSTO,BORIS ,wikipedia





O Estado e a Igreja no Brasil “Colonia”
A colonização do Brasil foi organizada pelo Estado e a Igreja que embora sendo organizações distintas estavam ligadas uma à outra. Ao estado coube a tarefa de dotar a colônia de uma administração estabelecendo o relacionamento entre a colônia e a Metrópole de forma pacifica ou pela força.¬¬¬¬¬
A Igreja tinha um papel importante nesteprocesso pois era responsável pela educação das pessoas , o “ controle das almas “ era um instrumento eficaz em divulgar a ideia de obediência , principalmente em relação ao estado .
A Igreja se subordinou à Coroa portuguesa barganhando direitos de disseminar sua doutrina em todas as terras descobertas por Portugal,apesar disso o controle por parte da coroa foi limitado porque a Companhia de...
tracking img