Bolsa de valores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2800 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


Este estudo tem por finalidade passa para o leitor uma noção sucinta do mercado de investimento em ação de empresas de capital aberto. No decorrer dos estudos será explanado tipo de ações bônus de subscrição, debêntures, mercados de capitais e seus componentes.


Num segundo momento será analisado o macroambiente, e finalmente teremos exemplos de caracterização de algumas dasprincipais instituições nas guias são comercializados estes títulos e ações, as bolsas de valores.






BOLSA DE VALORES



Uma bolsa de valores é uma organização financeira onde se negociam fundamentalmente títulos de renda variável (ações), dependendo das condições econômicas do mercado financeiro, bem como títulos de renda fixa. A Companhia Holandesa das Orientais instituiu e comercializouas primeiras ações, a serem colocadas em um estabelecimento financeiro, criando a primeira bolsa de valores, localizada em Amsterdã, em 1602.

De acordo com a Resolução nº 2.690/2000, de 28/01/2000, do CMN, as Bolsas de Valores poderão ser constituídas como associações civis ou sociedades anônimas (anteriormente, pela Resolução 1.656/89, as bolsas de valores eram, exclusivamente, entidadessem fins lucrativos). As bolsas de valores têm por objeto social:

• Manter local ou sistema adequado à realização de operações de compra e venda de títulos e valores mobiliários, em mercado livre e aberto, especialmente organizado e fiscalizado pela própria Bolsa, sociedades corretoras membros e pelas autoridades competentes;

• dotar, permanentemente, o referido local ousistema de todos os meios necessários à pronta e eficiente realização e visibilidade das operações;

• Estabelecer sistemas de negociação que propiciem continuidade de preços e liquidez ao mercado de títulos e valores mobiliários.

Cabe às Bolsas, também, criar mecanismos regulamentares e operacionais que possibilitem o atendimento, pelas sociedades corretoras membros, de quaisquerordens de compra e venda dos investidores, sem prejuízo de igual competência da Comissão de Valores Mobiliários, que poderá, inclusive, estabelecer limites mínimos considerados razoáveis em relação ao valor monetário das referidas ordens.





AÇÃO

Ação é uma unidade de títulos emitidos por empresas de capital aberto, mas conhecida como Ações. Representam a menor fração do Capital Socialdestas empresas, ou seja, é o resultado da divisão do capital social em partes iguais. São negociados em bolsa de valores.

O investidor torna-se, portanto, sócio da empresa da qual adquiriu ações, e os poderes à ele atribuídos, são limitados pelo tipo de ação que comprou e também pela quantidade de ações que possui.




TIPOS DE AÇÕES

Existem dois tipos de ação:

OrdináriasNominativas (ON) - Ação que proporciona participação nos resultados econômicos de uma empresa; confere a seu titular o direito de voto em assembléia.

Preferenciais Nominativas (PN) - Ação que oferece a seu detentor prioridades no recebimento de dividendos e/ou, no caso de dissolução da empresa, no reembolso de capital. Em geral não concede direito a voto em assembléia. Podem existir em uma mesma empresamais de um tipo de ações PN, geralmente denominadas PNA e PNB.

As ações podem ser convertidas em dinheiro, a qualquer momento (desde que haja procura no mercado), por intermédio de uma Sociedade Corretora, através da negociação em bolsa de valores ou no mercado de balcão.

A liquidez de cada ação dependerá da lei de oferta e procura.




BÔNUS DE SUBSCRIÇÃO

Títulosnominativos, negociáveis, que conferem ao seu proprietário o direito de subscrever ações do capital social da companhia emissora, nas condições previamente definidas.





DEBÊNTURES

Títulos nominativos, negociáveis, representativos de dívida de médio/longo prazos contraída pela companhia junto ao debenturista.




OUTROS

Títulos menos usuais: Partes beneficiárias e notas promissórias para...
tracking img