Biologia celular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Associação Teresinense de Ensino S/C Ltda. - ATE
FACULDADE SANTO AGOSTINHO - FSA
DIRETORIA DE ENSINO
NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO - NUAPE
COORDENAÇÃO DO CURSO DE FISIOTERAPIA


ACADÊMICOS:
A.SILVA
A.CLEMÊNTINO
H.OLIVEIRA
J.SILVA

Teresina, Junho de 2012
Associação Teresinense de Ensino S/C Ltda. - ATE
FACULDADE SANTO AGOSTINHO - FSADIRETORIA DE ENSINO
NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO - NUAPE
COORDENAÇÃO DO CURSO DE FISIOTERAPIA

Esse livro foi idealizado de acordo com as aulas praticas do mestre Wellington santos

Teresina junho de 2012

●INTRODUÇÃO – Pág. 1
●CAPÍTULOS
1 – ANALISANDO O TERMO CÉLULA – Pág. 4
2 – MODELOS DE CÉLULAS – Pág. 10
3 – FERMENTAÇÃO – Pág. 17
4 – MEIOSE E GAMETOGÊNESE – Pág. 24
5 –MITOSE – Pág. 31

INTRODUÇÃO
Livro de aulas praticas feitas em Laboratório de Biologia Celular da Faculdade Santo Agostinho com o intuito de informar os princípios e a importância da biologia pra os seres vivos.
A célula é a unidade estrutural e funcional fundamental dos seres vivos, assim como o átomo é a unidade fundamental das estruturas químicas. Se, por algum meio, a organização celularfor destruída, a função da célula também será alterada.Os estudos bioquímicos demonstraram que a matéria viva é compostas pelos mesmos elementos que constituem o mundo inorgânico, embora com diferenças em sua organização.No mundo inanimado existe uma tendência contínua para o equilíbrio termodinâmico, no curso do qual são produzidas transformações eventuais entre a energia e a matéria.aocontrário, nos organismos vivos, existe um ordenamento manifestado nas transformações químicas, de modo que as estruturas e funções celulares não se alterem (www.biologiacentral.com.br). As células de um organismo multicelular têm formas e estruturas variáveis e se diferenciam de acordo com suas funções específicas nos diferentes tecidos.Esta especialização funcional faz com que as células adquiramcaracterísticas singulares, mesmo quando em todas elas persiste um modelo de organização comum. (DE ROBERTIS, 2006).Todas as células têm uma membrana externa limitante, a membrana plasmática, que delineia o espaço ocupado pela célula e separa o variável, e potencialmente hostil, meio externo do meio interno, relativamente constante(DEVLIN,2006). A membrana plasmática e seus componentes são o elo com omeio externo, controlando o movimento de substâncias para dentro e para fora da célula e servindo como meio de comunicação. Pode-se classificar as células em duas categorias reconhecíveis: procariontes e eucariontes, sendo que a principal diferenças entre ambos é que as células procariontes não possuem envoltório nuclear.Do ponto de vista evolutivo, os procariotas são considerados antecessores doseucariotos.(DE ROBERTIS, 2006).Dentre as células eucariontes, encontram-se as células vegetais que assemelham-se às animais em muitos aspectos de sua morfologia, como a estrutura molecular das membranas e de várias organelas.Também são semelhantes em vários mecanismos moleculares básicos,como a replicação do DNA e sua transcrição em RNA, a síntese proteica e a transformação de energia viamitocôndrias.Diferem, porém, em algumas características morfofisiológicas importantes.Juntamente com a presença de uma parede celular rígida e o desenvolvimento de um grande vacúolo utilizado para vários fins.(JUNQUEIRA, 2012). A presente prática possibilitou um maior conhecimento a cerca do termo célula, diferenciando seus principais pontos, bem como suas subdivisões.Distinguiu-se estruturas própriasde células vegetais e animais.Pode-se ainda ter um contato com a confecção de lâminas, as quais foram preparadas utilizando células de cortiça.

As células procariontes caracterizam-se pela pobreza de membranas, que, nelas, quase se reduzem à membrana plasmática. Ao contrário do que ocorre nas células eucariontes, as procariontes não possuem membranas separando os cromossomas do citoplasma....
tracking img